Dacia apresenta Duster em versão de produção em série

Utilitário pequeno terá motores 1,6-litro 16V a gasolina e 1,5-litro a diesel; produção no Brasil está confirmada
  1. Home
  2. Lançamentos
  3. Dacia apresenta Duster em versão de produção em série
Gustavo Ruffo
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- Até que não demorou muito... Depois que a Renault mostrou uma versão de competição do Dacia Duster, que está sendo pilotado por Alain Prost, mas que tinha pouco da versão de produção em série, a marca francesa resolveu acabar com o mistério e revelar as linhas finais de seu anti-Ford EcoSport. No fim, o carro ficou mais interessante do que poderia parecer, com um quê de Nissan e de robustez que só vai favorecê-lo nos mercados do mundo. Inclusive aqui.

Além de mostrar as fotos do utilitário, que terá versões 4x2 com tração dianteira e 4x4, ela também confirmou sua produção em São José dos Pinhais, no Paraná. Além de concorrer com o EcoSport, a Renault começa a ameaçar seriamente o quarto lugar em vendas da marca norte-americana. Se tivesse um modelo médio, o Mégane, para concorrer com o Focus, a briga ficaria ainda mais interessante.

Ao contrário do esperado, o Duster tem muito pouco a ver com o conceito 4x4 mostrado pela Dacia no Salão de Genebra deste ano, fora o nome. O comprimento, de 4,31 m, e a largura, de 1,82 m, são as únicas medidas divulgadas até agora, ainda que as fotos revelem um veículo que deve ter um generoso entre-eixos note as rodas, colocadas bem nos extremos da carroceria. O porta-malas terá 475 l, bem mais do que o concorrente da Ford.

O H79 nome de desenvolvimento do veículo será fabricado sobre a mesma base do Logan e do Sandero. Aliás, quando o Renault Logan foi lançado no Brasil, já se esperava uma série de outras carrocerias, como perua, picape, hatchback e utilitário. Destas, só o hatch veio ao país, mas com vantagens. O lançamento mundial do Sandero aconteceu por aqui.

Entre os motores, o Duster terá o 1,6-litro 16V a gasolina, velho conhecido do brasileiro em versão flex, evidentemente e, na Europa, contará com dois motores a diesel, um 1.5 dCi de 85 cv e 105 cv, com 240 Nm de torque a 2.000 rpm. Se a Renault tiver sistemas eletrônicos que simulem a marcha reduzida, como o Classe M, da Mercedes-Benz, talvez tenhamos por aqui um Duster a diesel, também. Certo é o motor 2-litros, para versões mais sofisticadas do utilitário.

A chegada do Duster ao Brasil será em 2010. E ele deve vir acompanhado, uma vez que o Nissan Qashqai usa uma arquitetura parecida. E a Nissan, que não é boba nem nada, também deve querer participação no segmento de utilitários pequenos.

_________________

Twitter
_________________

Gosta de utilitários esportivos pequenos?

Então veja aqui em nossos estoques a melhor oferta para você:

Hyundai Tucson

Ford EcoSport

Chevrolet Tracker

Mitsubishi TR4

Kia Sportage

Suzuki Grand Vitara

Leia também:

Nissan Qashqai ganha reestilização no modelo 2010

Honda CR-V 2010 chega a partir de R$ 88,41 mil

SEGREDO - Nova geração do VW Touareg surge sem disfarces

SEGREDO - Nissan Qashqai ganha reestilização na Europa

Mitsubishi Concept cX vira RVR para produção em série

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors