Dacia Duster antecipa o Renault anti-EcoSport

Primeiro conceito da Dacia traz plataforma B0 e 2,80 m de entreeixos
  1. Home
  2. Lançamentos
  3. Dacia Duster antecipa o Renault anti-EcoSport
Gustavo Ruffo
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- Quando o Renault Logan foi lançado no Brasil, já se esperava uma série de outras carrocerias, como perua, picape, hatchback e utilitário. Destas, só o hatch veio ao país, mas com vantagens. O lançamento mundial do Sandero aconteceu por aqui. Agora, é possível que a história se repita com o crossover da plataforma B0. Bom seria se ele tivesse aparecido primeiro aqui, como o conceito Sand’up, mas a versão conceitual continua a ser um privilégio europeu, mais especificamente do Salão de Genebra. O nome dele é Duster.

Além do estilo bastante ousado, obviamente reservado apenas à versão conceitual do carro, o que chama a atenção são suas dimensões. Com 4,25 m de comprimento, 1,50 m de altura e 1,64 m de largura, ele tem um entreeixos de 2,80 m. É medida de carro grande, 7 cm maior que a de um Ford Fusion. Dá, inclusive, para ele ter sete lugares, um diferencial interessante neste segmento. Espaço, se ele continuar com a mesma medida em sua versão de produção em série, é o que não vai faltar ao Renault anti-Ford EcoSport. Prova disso é o porta-malas, de 470 l. E ele pode ser ainda maior na versão de produção em série.

O Duster vem equipado com um motor turbodiesel 1.5 dCi que consegue acelerar o carro de 1.300 kg de 0 a 100 km/h em 9,6 s. Com 105 cv 77 kW e 240 Nm de torque a 2.000 rpm, sua esportividade leve é aliada à sustentabilidade. Ele emite apenas 139 g/km de CO2 e tem um consumo de 18,9 km/l. O câmbio é manual, de seis marchas, e as rodas são de aro 21”, com pneus 245/35 ZR21.

A carroceria do Duster chama a atenção por ser bastante aerodinâmica cx de 0,30 e também pelas portas diferenciadas que traz. No lado direito, o do motorista, apenas uma, para dar acesso ao banco em formato de concha, fixo. No lado esquerdo, duas, e a de trás é suicida, ou seja, se abre da frente para trás. O banco do passageiro da frente, também em formato de concha, se encaixa sob o do motorista para permitir a carga de objetos longos, como uma bicicleta, no interior do veículo.

Nada disso, evidentemente, deve chegar à versão de produção em série, que deve surgir no ano que vem. Esperemos que, apesar de o Brasil não ter tido o privilégio de mostrar o carro-conceito em primeira mão, pelo menos tenhamos a chance de comprá-lo antes de todo mundo. Com o Sandeiro, afinal de contas, já foi assim. E o EcoSport está cansado de brincar sozinho.

Siga a gente no Twitter! Novidades, segredos e muito mais: www.twitter.com/WebMotors

Gosta de utilitários esportivos pequenos?

Então veja aqui em nossos estoques a melhor oferta para você:

Ford EcoSport

Chevrolet Tracker

Mitsubishi TR4

Kia Sportage

Suzuki Grand Vitara

Hyundai Tucson

Leia também:

Porsche Cayenne S Hybrid deve chegar ao mercado em 2010

Kia Sorento de nova geração estreará no Salão de Seul

SEGREDO - Plano de viabilidade mostra Jeep Grand Cherokee 2011

SEGREDO - Conceito HED-6 ix-ONIC antecipa novo Hyundai Tucson

Conheça a Capotaria Cirilo, que criou a Strada Gran Venture

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors