Dodge Demon: demônio que promete o Paraíso

Criadora do Viper se aventura entre os roadsters com este pequeno demônio
  1. Home
  2. Lançamentos
  3. Dodge Demon: demônio que promete o Paraíso
Gustavo Ruffo
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- A Dodge deve estar cansada de ser associada a imagens satânicas. Para começar, seu emblema é o de um bode com chifres mais do que retorcidos. Depois, a empresa tem como um de seus símbolos máximos uma víbora, ou melhor, o Viper, um esportivo para ninguém botar defeito, mas que tirou Adão e Eva do Paraíso. De olho nisso, a marca apresentará no próximo Salão de Genebra, que começa em março, o Demon.

Não, leitor, a marca não fará um ritual de magia negra na Suíça, mas sim a exibição do que promete ser um dos roadster mais interessantes do mercado mundial. E é curioso que a DaimlerChrysler tenha voltado os olhos para este mercado só agora, considerando o sucesso que foi obtido pelo Mazda MX-5 Miata e, mais recentemente, pelos Saturn Sky leia mais sobre ele aqui, Pontiac Solstice e Opel GT.

A marca começa bem fazendo o que sabe fazer de melhor: botando fogo no desenho. Inspirado no do Viper, o desenho do Demon atenta mesmo os motoristas que apreciam a direção esportiva. Segundo o designer do carro, Jae Chung, “enquanto o Viper é um carro de sonho, o Demon foi desenhado para ser o carro de sonho realizável”. E “foi desenhado” é mera figura de linguagem, para fingir que o modelo, apresentado como conceito, talvez não chegue à produção em série. É mera questão de tempo para que isso aconteça.

Seu motor é uma prova cabal disto: se o carro fosse apenas um conceito, traria um motor enorme, possivelmente o Hemi V8, capaz de proporcionar um comportamento mais de acordo com o nome do carro. O utilizado no Demon, no entanto, é um 2,4-litro usado também no Chrysler PT Cruiser, com 174 cv.

O novo roadster é quase um peso leve, com 1.179 kg, e o motor 2,4-litro conseguirá transmitir uma razoável sensação de força. Pneus de aro 19” serão os responsáveis por manter o controle do roadster e emborrachar o asfalto, especialmente com a tração traseira, uma exigência de apaixonados pela arte da direção e, atualmente, uma tendência de todos os automóveis especialmente por conta dos controles eletrônicos de tração, que conseguem domar esses interessantes animais de metal.

Com 3,97 m, esse roadster tem entreeixos de 2,43 m, o que o ajuda a ser mais rápido em curvas e, com apenas dois lugares, garante o mínimo de espaço que o público norte-americano deseja para as pernas. Também não é grande demais para os padrões europeus, o que pode garantir boas vendas no Velho Continente e está dentro da estratégia da DaimlerChrysler para a espansão de seu braço norte-americano.

Não foram divulgados ainda detalhes sobre o desempenho, mas espere, até o lançamento do carro no mercado, por números atraentes. Afinal, a DaimlerChrysler não deve querer contar apenas com a aparência do Demon para que as pessoas queiram “exorcizá-lo” nas estradas do mundo todo.

Gosta de roadsters?

Então veja aqui em nossos estoques a melhor oferta para você:

Mazda MX-5 Miata

Pontiac Solstice

Leia também:

Mercedes-Benz SLR McLaren 722

KTM X-Bow, pronto para sair do forno

Showbike – Iceman Bike, a moto do Kimi Raikkonen

SEGREDO! – Subaru Impreza

Novo Uirapuru

________________________________

Receba as notícias mais quentes e boletins de manutenção de seu carro. Clique aqui e cadastre-se na Agenda do Carro!
________________________________
E-mail: Comente esta matéria

Envie essa matéria para uma amigoa

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors