Peugeot revela seu novo emblema. E o SR1

Conversível mostraria a nova identidade visual da marca francesa em seus futuros veículos
  1. Home
  2. Lançamentos
  3. Peugeot revela seu novo emblema. E o SR1
Gustavo Ruffo
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- Quem leu nosso balanço de 2009 sabe que a Peugeot não foi nada bem no mercado brasileiro no ano passado. Aparentemente, a marca também deixou a desejar no resto do mundo. Visando mudar esse panorama, a empresa anunciou seus planos para o futuro. Por ora, eles incluem um novo emblema, a primeira imagem da galeria ao lado, ênfase em design e baixo consumo e 14 novos carros até 2012. Um deles pode ser o SR1, apresentado ainda em forma de conceito.

A ênfase em estilo pode ser sentida nos vincos diversos que o SR1 apresenta. O desenho rebuscado, de todo modo, pode tanto agradar a novos clientes quanto afastar os mais tradicionais. Uma das bossas de estilo é apresentar o carro, que tem 4,83 m de comprimento, 1,25 m de altura e um entre-eixos de apenas 2,60 m, como um 3+1.

Em tempos de racionalização de espaço, era de esperar que o SR1 oferecesse mais espaço no banco de trás. A empresa não apresenta nenhuma vantagem prática ou estética para que o modelo só leve mais uma pessoa, e pequena, além de motorista e passageiro do banco da frente. O Peugeot conceitual também mantém uma característica que não é das mais interessantes: grandes balanços dianteiro e traseiro, ou seja, sobra muito carro depois da roda dianteira e da traseira.

Se o reforço em design não der os frutos desejados, pelo menos a marca poderá se gabar de oferecer um carro que bebe pouco, mas anda bem. Com 313 cv, o SR1 tem um motor a gasolina de 218 cv para as rodas dianteiras, um 1,6-litro turbinado, e um motor elétrico de 95 cv para as rodas traseiras. Essa configuração é o chamado sistema HYbrid4, híbrido e com tração nas quatro rodas. Ainda não está presente em nenhum carro de série da empresa.

Com essa cavalaria toda, o SR1 vai de 0 a 100 km/h em 4,7 s, mas só emite 119 g/km de dióxido de carbono. Ele tem rodas de aro 20” e um câmbio automatizado de seis marchas. Poderia ser mais econômico e rápido se já utilizasse uma transmissão automatizada de dupla embreagem.

O plano da Peugeot, com essas mudanças, é ficar em 7º lugar entre os maiores produtores de carros do mundo. Tomara que a estratégia da empresa também se reflita no Brasil e ela apresente, também aqui, 14 novos carros até 2012. Por ora, só 207 Pick-Up e 308 Sedan estão confirmados, mas quem sabe o 207 real não comece a ser vendido por aqui, assim como o 308 hatch?

_________________

Twitter
_________________

Gosta de conversíveis?

Então veja abaixo algumas das nossas ofertas neste segmento:

Americar Classic 427

Americar Classic XK120

Chamonix

MP Lafer

Puma GTS Conversível

Réplica do Cord

Santa Matilde Conversível

Mercedes-Benz SL 500

Maserati Spyder

BMW Z8

Audi TT Conversível

Porsche 911 Cabrio

Porsche Boxster Cabrio

Ferrari F355 Spider

Ferrari F360 Spider

Ferrari F430 SpiderLamborghini Gallardo

Leia também:

VW NCC antecipa a nova geração do Jetta

Terceira geração do Ford Focus nasce no Salão de Detroit

Tata cria a Kombi do Nano, a Magic Iris

Toyota apresenta o Etios no Salão de Nova Déli

Honda mostra New Small Concept no Salão de Nova Déli

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors