Primeiro bimestre registra alta de 43% na venda de caminhões

Presidente da Anfavea afirma que de 2008 a 2010 as montadoras e fabricantes de autopeças vão injetar US$ 20 bilhões no Brasil
  1. Home
  2. Lançamentos
  3. Primeiro bimestre registra alta de 43% na venda de caminhões
Agência Infomoto
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Fevereiro foi um mês muito forte para a indústria de caminhões e ônibus. Forte nos crescimentos das exportações, o maior de todos, na produção, nos licenciamentos e nas vendas do atacado de caminhões. Mas, fortes também foram as quedas de chassis de ônibus. A primeira na comparação entre as vendas de janeiro e fevereiro, a segunda na produção. Em contrapartida, foi anunciado pela Anfavea – Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores, que de 2008 a 2010 serão investidos no Brasil 20 bilhões de dólares. O montante inclui participações de montadoras de caminhões e automóveis e fabricantes de autopeças.

O total de caminhões vendidos em fevereiro no atacado, foi de 9.513 – aumento de 13,8% sobre as 8.359 unidades de janeiro. Numa comparação entre os dois primeiros meses de 2008 contra o mesmo período de 2007, a alta chega a 43%, num total de 17.872 modelos comercializados.

No mercado de chassis de ônibus, as montadoras amargaram uma dura queda de 15,2% nas vendas de fevereiro 2.235 contra as 2.636 de janeiro. Em contrapartida, se for levado em conta o primeiro bimestre de 2008 versus o mesmo período do ano passado, há um incremento de 43,5%. Até maior do que o registrado nos caminhões.

“Os bons números refletem a alta no transporte de produtos e a indústria vai seguindo o mercado crescente. Mantemos nossas previsões de aumento de 17,5% nas vendas de caminhões e automóveis, e, de 8,9% na produção. Além disso, vamos registrar o recorde de investimentos num mesmo ano no Brasil, com US$ 4,9 bilhões”, afirma Jackson Schneider, presidente da Anfavea.

Esse número também comporta tanto as montadoras de automóveis quanto de caminhões, mas vale lembrar que só a Volkswagen Caminhões e Ônibus anunciou que vai investir R$ 1 bilhão até 2012.

“É um retrato do que vem por aí. Esses três anos de fortes investimentos vão gerar muita energia para a economia do País e na cadeira como um todo. Existe uma confiança para a expansão do setor, e isso se refletirá, também no aumento de postos de trabalho, sem dúvida”, completa Schneider.

Exportações nas alturas

Outra forte constatação foi o ressurgimento das boas vendas nas exportações. Os números até assustaram os menos avisados. Nos caminhões, foram exportadas 3.062 unidades, um aumento de 85,9% em cima dos 1.647 veículos, de janeiro. O número de chassis de ônibus que deixou os portos brasileiros impressiona ainda mais, num aumento de 141,3% - passando de 436 unidades, em janeiro, para 1.052, de fevereiro.

Produção

A produção de veículos comerciais em fevereiro alterou bons e maus momentos. Os bons frutos foram anotados nas linhas de caminhões, com um aumento de 18,7%. Foram produzidas 12.096 unidades em fevereiro contra os 10.192 veículos de janeiro. No comparativo com o primeiro bimestre deste e do ano passado, o aumento foi de 42,1%. No total, saíram das linhas das montadoras, no primeiro bimestre, 22.288 veículos.

Foram fabricados em janeiro e fevereiro de 2008, 6.446 chassis de ônibus, em números absolutos, um crescimento de 50% perante o mesmo período de 2007. Porém, o mau momento apareceu quando a comparação foi de janeiro para fevereiro. O primeiro mês do ano foi melhor com 3.400 unidades fabricadas, ou 10,4% a mais do que as 3.046 produzidas no mês passado.

Licenciamentos na onda

Os licenciamentos cresceram 2,6%, de janeiro 7.627 para fevereiro 7.825, nos caminhões. No comparativo bimestral, a alta atingiu o patamar de 34,4%, num total de 15.452 unidades.

Nos chassis de ônibus, não foi diferente. Incremento de 1,7% de janeiro 1.656 para fevereiro 1.684. O volume dos dois primeiros meses cresceu 22,7%, num total de 3.340 produtos.
______________________________


_______________________________

Leia também:

Mês registra aumento de vendas de 42,6% nos caminhões e de 66,2%, nos ônibus

Mercedes-Benz deve ser a líder de vendas em 2007

Outubro registra recordes de número de produção e de licenciamentos

Vendas de caminhões cai 11,1% em setembro

Mercedes registra recorde histórico em outubro

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors