Harley-Davidson elétrica será vendida em 2019

Após quatro anos, marca americana mostra versão final da Livewire pela primeira vez

  1. Home
  2. Notícias
  3. Harley-Davidson elétrica será vendida em 2019
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

O que você estava fazendo há quatro anos? Ou onde estava? Nem lembra mais? Pois foi há quatro anos que a Harley-Davidson mostrou ao mundo seu primeiro conceito elétrico, a Livewire. Desde então, estamos pensando quando a marca norte americana mostraria, de uma vez por todas, a versão final da moto mais revolucionária na história de Milwaukee.

icon photo
Legenda: Harley-Davidson Livewire
Crédito: Ícaro Bedani

Bem, contenha as emoções. A H-D não revelou qualquer informação além de que começará a vender a Livewire, na Europa, no ano que vem. Marc McAllister, vice-presidente de portfólio e planejamento de produto, fez questão de usar algumas frases para definir a novidade como, “essa será a Harley-Davidson mais acessível da história”, se referindo a facilidade de pilotar uma moto que não precisa de embreagem.

icon photo
Legenda: Harley-Davidson Livewire
Crédito: Ícaro Bedani

Pois é, a Livewire, como todo bom veículo elétrico, funciona com um motor capaz de empurrá-la sem as mazelas da combustão, como trocas de marchas, tempo de válvula etc. É só subir, girar o acelerador elétricos e pronto! Ela despeja todo o torque, de uma vez, na roda traseira.

icon photo
Legenda: Harley-Davidson Livewire
Crédito: Ícaro Bedani

McAllister, porém, fez questão de frisar de que essa é uma Harley-Davidson “autêntica”, mesmo sem aquela vibração conhecida, o ronco que combina bem com “You could be mine” e o motor esquentando entre as pernas num dia de sol. Para ele, essa é a expressão máxima de “performance, estilo e tecnologia” que uma marca líder, como a H-D, pode apresentar.

icon photo
Legenda: Harley-Davidson Livewire
Crédito: Ícaro Bedani

O executivo também prometeu que toda loja que vender a moto deverá ser equipada com uma central de carregamento para o motor, além de receber instruções específicas sobre um modelo, digamos, pouco convencional para o mundo das jaquetas de couro.

icon photo
Legenda: Harley-Davidson Livewire

No EICMA, a Harley também prometeu a chegada da Adventure e Streetfighter para 2020, ambos, também, modelos subversivos à trajetória de 115 anos, iniciada pelos motores em V de Arthur Davidson e William S. Harley.

Informações de Ícaro Bedani, de Milão, Itália. 

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors