Horex VR6 Roadster: uma moto no clima de De volta para o futuro

Com design inspirado nos antigos modelos da própria Horex, a VR6 Roadster chega com diversas inovações
  1. Home
  2. Motos
  3. Horex VR6 Roadster: uma moto no clima de De volta para o futuro
Agência Infomoto
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- Apresentada em 2010 durante o Intermot, tradicional Salão de Motos que acontece em Colônia, na Alemanha, a Horex VR6 Roadster marca o renascimento do fabricante alemão conhecido pelos modelos Regina e Resident. Sem produzir nenhuma motocicleta desde a década de 1960, a Horex volta ao mercado europeu este ano com uma moto totalmente nova e recheada de novidades mecânicas. Com destaque para o motor de seis cilindros em “V” e o sistema inédito de lubrificação contínua da corrente.

Todavia, no quesito estética, a marca alemã preferiu não ousar muito. Em busca da forma perfeita para a VR6, a equipe do designer Peter Naumann utilizou um processo incomum. Eles redesenharam antigos modelos da Horex – com base em fotos e visitas a museus e encontros de motociclistas – e fizeram um processo de “evolução natural” para ver como essas motos se pareceriam se fossem criadas hoje, onde existe a influência de outros modelos, como a Ducati Streetfighter – que também conta com suspensão traseira monobraço e escapes colocados do lado direito – e, claro, tecnologia.

Segundo Naumann, “nem todo traço da moto precisa ser um milagre de design. É muito melhor focar no modo como os desenhos se completam para causar uma boa impressão no geral”. Assim, linhas agressivas, como as da MV Agusta Brutale, foram deixadas de lado para dar preferência a contornos mais sóbrios e sem exageros geométricos, como é o caso da BMW F800R.

Da mesma forma que seus patrícios da marca bávara, Naumann se preocupou com a ergonomia ao desenhar a VR6. A forma arredondada do assento, com altura de 820 mm, em conjunto com o desenho do tanque de gasolina de 19 litros – principalmente da linha longitudinal que corta a lateral do reservatório, oferecem bom encaixe para os joelhos e ajudam ao piloto a se sentir dentro da moto, ao invés de sobre ela.

Mecânica inovadora
Enquanto a BMW, que desenvolveu um motor de seis cilindros em linha para a família K 1600 GT, a Horex optou por outra geometria para agrupar essa mesma quantidade. Dispostos em “V” a uma distância de 15º, os seis cilindros que compõem o motor de 1218 cm³ da Roadster fazem dele tão compacto quanto alguns propulsores de quatro cilindros. Essa solução permitiu a criação de uma moto com tamanho consideravelmente menor do que seria, caso adotasse um sistema semelhante ao da BMW.

Essa inovação toda tem pai e mãe. O motor VR6 vem sendo desenvolvido desde 2005 em parceria com a Universidade de Munique e ficou pronto a tempo de ser equipado na versão conceito da Roadster, em 2010. Com triplo comando de válvulas no cabeçote TOHC, o propulsor é capaz de gerar 161 cv a 9000 rpm e tem torque máximo de 13,7 kgf.m a 7000 rpm. Embora tenha potencial para um desempenho maior, a moto tem sua velocidade limitada eletronicamente a 250 Km/h.

A grande novidade da VR6 Roadster, entretanto, é o inédito sistema de lubrificação sólida da corrente. Por mais estranho que isso possa parecer, o funcionamento é simples. O sistema utiliza uma fina película de filme com grafite para lubrificar a corrente da transmissão final. As partículas de grafite aderem aos elos e, segundo a Horex, o sistema protege o conjunto de maneira mais eficaz, uma vez que lubrifica a corrente de maneira contínua.

Naked equilibrada
A ciclística da VR6 Roadster é bem equilibrada. Montada em um quadro de alumínio, a moto conta com suspensão WP com ajuste de pré-carga da mola. Ambas tem curso de 120 mm, sendo a dianteira invertida upside down e a traseira monobraço oscilante com amortecedor central.

O sistema de freios que equipa o novo modelo da Horex também não deixa por menos. A roda dianteira tem disco duplo de 320 mm de diâmetro mordidos por pinças radiais de quatro pistões da marca Brembo, enquanto na traseira, disco o único de 264 mm e sua respectiva pinça de dois pistões – também da marca italiana – se encarregam da frenagem. Para completar o conjunto, a moto conta ainda com a ajuda da última versão do sistema ABS da Bosch MB9.

As vendas da VR6 Roadster estão previstas para começar na próxima primavera europeia. Entretanto, o departamento comercial da Horex ainda não divulgou nenhuma informação sobre o preço da moto. Tudo que se sabe é que a marca alemã vem procurando revendedores para representá-los também na Áustria e na Suíça.

__________________________________

Agenda da Moto Twitter
__________________________________

_________________

Twitter
_________________


Gosta de motos superesportivas?

Então veja aqui no WebMotors as ofertas de motos com esse estilo:

Ducati 1098

Ducati 999

Honda 1000 RR Fireblade

Kawasaki ZX Ninja

Yamaha YZF R1

Suzuki 1300R Hayabusa

Leia também:

Suzuki GSX 1300R Hayabusa

Rodamos com a MV Agusta Brutale 910S

Suzuki B-King 1300: veja como anda a moto do ano de 2008

Ducati Monster 1100, uma big naked italiana

Nova Yamaha YZF-R1 2009 utiliza DNA de MotoGP

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors