Teste: BMW C 600 Sport

Marca alemã estreia no segmento de maxiscooters no País; modelo custa R$ 52.000
  1. Home
  2. Motos
  3. Teste: BMW C 600 Sport
Agência Infomoto
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon


Em qualquer Copa do Mundo, a seleção tricampeã da Alemanha aparece como favorita. Seja pela sua eficiência ou pela disciplina tática de seus jogadores, os alemães sempre são possíveis candidatos ao título. Também pudera. Nas últimas oito copas, a Alemanha participou de quatro finais.

E agora, às vésperas da Copa do Mundo no Brasil, quando as seleções do mundo todo estão ansiosas para entrar em campo, fomos testar uma estreia da BMW: o C 600 Sport, primeiro maxiscooter da fábrica alemã.

Além de luxo e sofisticação, o modelo traz como principais características o design arrojado, o motor de dois cilindros paralelos, as rodas de 15 polegadas o sistema de freios ABS e o “salgado” preço sugerido de R$ 52.000. Só para comparar, a bigtrail da própria marca, a F 800 GS Adventure, custa R$ 47.900. Como gosto e bolso não se discutem, vamos à avaliação deste produto que pretende combinar o desempenho de uma moto com a mobilidade urbana de um scooter, e que também se sai bem para rodar na estrada.

Desenho requintado

Bem resolvido esteticamente, o BMW entrega o que promete – luxo e requinte. Com linhas elegantes, chama muita atenção por onde passa. Comparando com as motos da marca, o C 600 Sport traz escapamento curto e suspensão traseira monobraço para deixar a bela roda de liga leve à mostra. Para-brisa com regulagem de altura em três posições – o sistema é manual, mas é muito fácil de operar –, apoio para os pés em aço, farol e lanterna em LED e sistema de transmissão blindado para não entrar poeira.

O modelo traz ainda o sistema flexcase (espécie de bolsa expansiva), conceito inovador que aumenta o espaço de armazenamento sob o assento. Ali é possível acomodar dois capacetes fechados, mas somente com o maxiscooter estacionado.

Motor de dois cilindros

Feito para a cidade, o C 600 Sport também pode satisfazer aqueles que buscam bom desempenho na estrada. Afinal, o motor de dois cilindros paralelos com refrigeração líquida e 647 cm³ gera 60 cv de potência máxima a 7.500 rpm e torque máximo de 6,73 kgf.m a 6.000 rpm.

O pivô de fixação do motor e o pinhão estão localizados no mesmo eixo. Mais próximos da roda traseira oferecem tensão correta da corrente de transmissão em todas as condições de pilotagem. Mesmo assim, a transmissão CVT (Transmissão Continuamente Variável) demora um pouco para “empurrar” o BMW – comportamento típico desse sistema de transmissão.

Com esta configuração, o maxiscooter da BMW fica devendo nas arrancadas, quando a luz verde do semáforo acende. Só vai ter uma característica mais esportiva, como seu próprio nome sugere, quando o motor está “cheio”, girando alto. Até lá, outro ponto que incomoda é o alto ruído emitido pelo escapamento.

Por outro lado, o maxiscooter é uma boa opção para o turismo sobre duas rodas. Na estrada, se torna bastante divertido e esbanja segurança mesmo em velocidades maiores.

Ciclística

O BMW C 600 Sport está equipado com um belo monobraço em alumínio com amortecedor instalado de forma horizontal. O amortecedor, aliás, é um dos responsáveis por conferir rigidez e estabilidade ao conjunto. Na dianteira, o garfo invertido de 40 mm de diâmetro absorve bem os impactos sofridos pela roda de 15 polegadas.

Os freios também merecem destaque. Além de discos de diâmetro generosos e eficientes, o BMW C 600 Sport oferece ainda a segurança do sistema ABS. Ou seja, trabalhando em conjunto, as frenagens são precisas, dignas de uma boa moto.

Detalhes diferenciados

Suspensão invertida, balança monobraço com amortecedor horizontal e espaço para guardar dois capacetes fechados sob o assento. Além de manoplas aquecidas, controle de pressão dos pneus (RDC), farol e lanterna de LED, freio de estacionamento acionado automaticamente via o cavalete lateral.

O maxiscooter da BMW traz vários diferenciais estéticos, funcionais e tecnológicos. Oferece ainda o status de uma marca Premium e carrega o DNA das motos fabricadas em Munique. Mas o produto é, de certa forma, limitado em seu uso. Roda bem na estrada, mas em função do seu porte “briga” no trânsito urbano com os automóveis e outros veículos mais ágeis.

Impressões na prática

Em função do túnel central alto, subir neste maxiscooter é bastante semelhante ao montar em uma motocicleta. Nos primeiros metros, a sensação de altura é tanta, que parece que você esta pilotando em uma escada. O nível de conforto também fica comprometido para os baixinhos, uma vez que pilotos com menos de 1,80 m não conseguem alcançar o encosto lombar.

No entanto, quando a brincadeira começou o modelo germânico mostrou a que veio nos trechos de curvas e retas. O maxiscooter gruda no chão, principalmente em função do centro de gravidade baixo e concentração de massas, pneus de perfil esportivo, além, é claro, da distância entre-eixos. Não é uma moto, mas o C 600 Sport oferece boa precisão e estabilidade, mesmo acima dos 120 km/h.

Concorrência

O modelo da BMW conta com dois concorrentes diretos. O tradicional Burgman 650 (R$ 42.900) e o radical Yamaha T-Max 530 (R$ 42.500), que oferece um desempenho mais esportivo de fato. Portanto, mesmo com estilo, desempenho e exclusividade inclusos no pacote, ainda existe a diferença na casa dos R$ 10.000.

A BMW Motorrad planeja comercializar cerca de 100 unidades em 2014. Do total, 50 já foram vendidas num primeiro lote. Ou seja, o C 600 Sport está fazendo sucesso entre os motociclistas mais abonados que podem desembolsar R$ 52.000 para comprar o “brinquedão” alemão.

Valores à parte, colocar seu primeiro scooter em campo no Brasil foi uma boa jogada da BMW. Afinal, a fabricante passa a estar representada em um segmento que está crescendo, e os fãs agora têm mais uma oportunidade para expressar seu amor pela marca bávara.

Ficha técnica – BMW C 600 Sport

Motor: Dois cilindros paralelos, quatro tempos, DOHC, quatro válvulas e refrigeração líquida

Capacidade cúbica: 647 cm³

Potência: 60 cv a 7.500 rpm

Torque: 6,73 kgf.m a 6.000 rpm

Câmbio: CVT

Alimentação: Injeção eletrônica

Partida: Elétrica

Quadro: tubular em aço

Suspensão dianteira: Garfo telescópico invertida com 40 mm de diâmetro, com 115 mm de curso

Suspensão traseira: Monobraço oscilante com 115 mm de curso

Freio dianteiro: Disco duplo de 270 mm de diâmetro, com pinça flutuante e ABS

Freio traseiro: Disco simples de 270 mm de diâmetro, com pinça flutuante e ABS

Pneus: 120/70-15 (diant.)/ 160/60-15 (tras.)

Comprimento: 2.155 mm

Largura: 877 mm

Altura: 1.378 mm

Distância entre-eixos: N/D

Distância do solo: N/D

Altura do assento: 800 mm

Peso: 249 kg (em ordem de marcha)

Tanque: 16 litros

Cores: Branca e Azul

Preço: R$ 52.000

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors