Vá de moto: Mato Grosso

Cuiabá tem tesouros e muitas opções de passeios ao seu redor
  1. Home
  2. Motos
  3. Vá de moto: Mato Grosso
Agência Infomoto
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Durante praticamente o ano todo, a temperatura média gira em torno dos 35ºC. Em função do clima tropical úmido, a sensação térmica pode chegar a 45ºC. Não estamos falando dos Estados do Nordeste, muito menos do Rio de Janeiro ou do Deserto do Saara, na África, mas sim de Cuiabá, capital do Mato Grosso. Fundada em 8 de abril de 1719 pelos bandeirantes Pascoal Moreira Cabral e Miguel Sutil, a cidade prosperou devido a descoberta de ouro na região. Em 1909, Cuiabá teve seu reconhecimento como Centro Geodésico da América do Sul. O coração da América do Sul conta com muita história, belas paisagens e boas opções para o mototurismo.

Hoje, Cuiabá se prepara para viver uma nova fase de crescimento, com a implantação de vários projetos, entre eles, a ligação ferroviária com o Porto de Santos SP e a conclusão da rodovia Cuiabá-Santarém BR-163, saída para o Oceano Pacífico. Além disso, a cidade será uma das 12 cidades sede da Copa do Mundo 2014, no Brasil. Apesar dessa expectativa de crescimento, a capital mato-grossense ainda guarda muito do jeito interiorano de cidade pequena. Então é hora de conhecer melhor este caldeirão pantaneiro, que une o calor tropical com gente muita hospitaleira.

Agora anote uma dica importante. Depois de fazer o check-in e guardar sua moto no hotel, saia para tomar um chope gelado e acalmar o calor. As principais opções são o Getúlio e o Choppão. Se abusar da cota, peça um “Escaldado” ou uma “Mujica de Pintado”. Você não vai se arrepender! Depois peça um táxi e vá descansar. No dia seguinte, “zerado”, faça um city tour ou rode pela região.

Agora começa os principais pontos turísticos de Cuiabá e algumas dicas de turismo no entorno da “Capital Verde”.

Principais Pontos Turísticos

Centro Histórico - Fundada em 1719, com a descoberta de ouro, Cuiabá ainda guarda em suas ruelas muitas relíquias do período colonial, que foi tombado pelo Patrimônio Histórico Nacional.

Palácio da Instrução – Construção em pedra canga. Também fica na região central da cidade. Inaugurado em 1914 é a sede da Secretaria Estadual de Cultura, do Museu de História Natural e Antropologia e da Biblioteca Pública.

Centro Geodésico - Demarcado pela Comissão Rondon, em 1909, o Centro Geodésico da América do Sul fica no antigo campo do Ourique – hoje Praça Moreira Cabral. Conta a história que o local já foi praça de enforcamento de condenados e também campo de touradas.

Arsenal de Guerra - Criado em 1818 por ordem de Dom João VI, o prédio encontra-se restaurado e funciona como centro cultural. Todas as quintas há feira de artesanato e comidas típicas.

Casa do Artesão – Fica na av. 13 de Junho , no bairro do Porto. O local tem uma bela mostra do artesanato mato-grossense. Lá funciona o Museu do Artesanato, com exposição permanente de peças caboclas e indígena.

SesiPark – Versão em miniatura do Wet’n Wild SP ou do Beach Park CE. O parque aquático de Cuiabá é uma boa opção para quem passar o dia se refrescando e relaxando. Conta com dois toboáguas, um tobogã e rio. O ingresso custa R$ 16,00. Informações, acesse: www.sesimt.com.br .

Cuiabá oferece ainda outros pontos turísticos como, por exemplo, Museu do Rio, Museu da Caixa D’água, antigo Mercado Municipal, Aquário, Centro Eventos do Pantanal e Ponte Ministro Sérgio Motta. Estaiada, a ponte é o local da largada da tradicional Corrida de Reis, que acontece todo ano em 5 de janeiro.

Diversão e aventura

Para o motociclista Vinicius de Resende, do Two Nine Nine 299 Moto Grupo, a região oferece passeios inesquecíveis para estradeiros e aventureiros. “É possível conhecer a Chapada dos Guimarães e depois seguir até Campo Verde. No total são 120 quilômetros de belas paisagens e asfalto em excelentes condições”, conta o instrutor de mecânica automotiva, dizendo que para os pilotos de motos speed outra opção é rodar até Rosário Oeste. “São mais de 100 quilômetros de pura diversão”.

Já para os mais aventureiros, siga direto para a Jaciara. “Lá é possível praticar rafting e rapel, com total segurança e infraestrutura, já que o local tem pousadas e restaurantes. Para quem gosta de mergulhar com os peixes, vá direto para Nobres, sentido norte da capital mato-grossense”, explica Vinicius de Resende.

Tour pelo entorno de Cuiabá

Chapada dos Guimarães – Fica a apenas 60 quilômetros de Cuiabá. O Parque Nacional de Chapada dos Guimarães é um dos lugares mais belos do Brasil. Ao todo, são 33 mil hectares de cachoeiras, paredões e mirantes, tudo isso envolto em um clima ameno. Além das belezas naturais, a Chapada é uma terra de místicos, esotéricos e ufólogos.

Pantanal Matogrossense - Apenas 100 quilômetros separam Cuiabá do Pantanal, a maior reserva de biodiversidade das Américas. Formado em Mato Grosso, principalmente pelas águas do rio Paraguai, o Pantanal é uma área alagada, de 210 mil quilômetros quadrados, que se estende por Brasil, Bolívia, Paraguai e Argentina. Lá existe uma rede de fontes fluviais, planícies de inundação e um complexo sistema de lagoas interligadas que servem de berçário para inúmeras espécies animais, algumas raras.

Jaciara - A cidade fica na calha do Rio São Lourenço, entre a capital Cuiabá e a cidade de Rondonópolis. Têm boa infraestrutura para receber turistas. Jaciara conta com diversos atrativos naturais, propícios para a prática de esportes de aventura, por meio de rios, cachoeiras, cânions e cavernas.

Nobres - São mais de 30 cavernas calcáreas, lagos com águas cristalinas, perfeitas para mergulho, modalidade de esporte em expansão em Mato Grosso. Um dos lugares fantásticos de Nobres é a Lagoa Azul. Outros pontos onde já se pratica mergulho são: Lagoa Pai João e Poço Dois de Maio. Entre as atrações exóticas está a tribo dos índios Bakairi. O município está a 120 quilômetros de Cuiabá.

Pé na estrada

Estas principais rodovias fcaptionais que dão acesso a Cuiabá: BR 364 - liga a sudeste o estado de São Paulo SP e a nordeste Porto Velho RO e Rio Branco AC; BR 163 - liga ao sul Campo Grande MS, São Paulo SP e a região Sul do País e pelo norte Santarém PA; BR 070 - liga a oeste Cáceres MT e a leste Brasília DF.

Confira, ao lado, as principais distâncias.

_________________

Twitter
_________________


Pensando em trocar de moto? Confira a nova Busca WebMotors e descubra o modelo ideal para você.


Leia também:

Rodamos com a MV Agusta Brutale 910S

Suzuki B-King 1300: veja como anda a moto do ano de 2008

Ducati Monster 1100, uma big naked italiana

Nova Yamaha YZF-R1 2009 utiliza DNA de MotoGP

Dyna Super Glide Custom, a 1ª grande Harley-Davidson

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors