Kia confirma Niro híbrido no Brasil

Presidente da empresa promete foco em modelos eletrificados da marca. Optima Hybrid deve ser o próximo

  1. Home
  2. Últimas notícias
  3. Kia confirma Niro híbrido no Brasil
Fernando Miragaya
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

A Kia do Brasil vai focar em eletrificados em 2021. Pelo menos é o que promete o presidente da marca, José Luiz Gandini. Em evento online, o executivo confirmou a importação do Niro híbrido e deixou claro que a estratégia é investir em modelos deste tipo.

Kia Niro Híbrido (3)
Kia Niro Híbrido plug-in chegará ao Brasil em 2021 como primeiro eletrificado da marca por aqui
Crédito: Divulgação

A informação foi dada por Gandini durante cerimônia online do Prêmio UOL Carros, na qual a Kia foi a vencedora na categoria Melhor Pós-Venda. Ele não adiantou outros modelos eletrificados que podem vir, mas aqui no WM1 já noticiamos que o Optima Hybrid está nos planos.

Como é o Niro híbrido?

Com 4,35 m de comprimento, o Niro híbrido plug-in é um SUV com porte de Ford EcoSport Freestyle, que trabalha com motor Kappa 1.6 aspirado associado a um elétrico. Gera potência conjunta de 141 cv e 26,9 kgf.m de torque. Segundo a Kia, pode rodar até 58 km no modo puramente zero emissões.

Kia Niro Híbrido (2)
Niro Híbrido pode rodar até 58 km em modo puramente elétrico e tem caixa de dupla embragem
Crédito: Divulgação

O câmbio é automatizado de dupla embreagem com seis marchas. De acordo com informações do fabricante sul-coreano, o 0 a 100 km/h pode ser feito em 10,8 segundos.

Optima também?

Kia Optima Híbrido (3)
Optima híbrido não foi confirmado, mas está forte no radar da marca para ser sua vitrine tecnológica
Crédito: Divulgação

Outro modelo híbrido cotado para cá é o Optima. O sedã médio-grande já foi vendido aqui em uma versão puramente a combustão, mas, segundo fontes, deve voltar na variante PHEV, que que combina um motor elétrico - e ainda em 2021 para ser uma espécie de vitrine de tecnologia da montadora.

Nesta opção eletrificada, o Optima troca o 2.4 por um 2.0 quatro cilindros a gasolina de 154 cv aliado a um motor elétrico. Com a transmissão automática de seis velocidades, a potência combinada chega a 193 cv. O sedã tem 4,90 m de comprimento e 2,85 m de entre-eixos.

Kia Optima Híbrido (1)
Nesta variante híbrida, sedã troca o motor 2.4 por um 2.0 a gasolina combinado a outro elétrico
Crédito: Divulgação
Comentários