Novo Classe S: o Mercedes-Benz mais top de todos

Inédita geração do maior sedã da empresa alemã traz muita tecnologia e ainda mais recursos de inteligência artificial

  1. Home
  2. Últimas notícias
  3. Novo Classe S: o Mercedes-Benz mais top de todos
André Deliberato
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

A Mercedes-Benz revelou o novo Classe S - a apresentação, que deveria acontecer no Salão de Paris (se ele acontecesse, obviamente), foi online. Com isso, a sétima geração do maior sedã da empresa agora é o veículo mais top entre todos os modelos da marca. E abaixo você confere o por quê.

Vamos tentar resumir o que ele oferece: novo sistema MBUX de inteligência artificial com ainda mais recursos; novo layout digital da cabine by Nvidia, com 27 teclas e dispositivos a menos, pensados de modo que sua arquitetura fosse a mais simples e intuitiva possível; head-up display com realidade aumentada; assistente de voz inteligente e sistema semi-autônomo pronto para o nível 3.

Novo Classe S: mais inteligente

Podemos sem medo dizer que a nova geração do carro será o Mercedes-Benz mais inteligente já visto na história de veículos da marca alemã. Segundo o fabricante, ele vai oferecer recursos inteligentes a todos os passageiros, não só ao motorista. E ainda terá cinco telas grandes, cada uma com monitores brilhantes de 12 polegadas - a principal central, porém, tem 12,8".

Novo Classe S 2022 Painel
Novo Classe S 2022 tem um dos painéis mais digitais e modernos já vistos em um carro produzido em série
Crédito: Divulgação

Já o conhecido sistema MBUX (de Mercedes-Benz User Experience, utilizado em outros carros da marca) adiciona ainda mais segurança que a geração anterior por possibilitar ao motorista o reconhecimento da impressão digital, do rosto e até da voz para acessar funções personalizadas.

Também existem novos sistemas de segurança, como câmeras que detectam se há algum veículo próximo quando o passageiro está prestes a sair do carro e avisam-no antes de abrir a porta.

Essa mesma tecnologia também verifica se o assento infantil está seguro e se o motorista consegue prestar atenção na rua. O novo MBUX, por fim, agora também responde a um número maior de perguntas que a versão anterior - algumas até sem precisar do comando "Hey, Mercedes". Em suas configurações, já são 27 idiomas com os quais consegue-se reagir/dialogar.

Novo Classe S 2022
Novo Classe S 2022 promete revolucionar todo o segmento de automóveis com tecnologias incríveis
Crédito: Divulgação

Como é o novo Classe S

O modelo foi apresentado oficialmente depois de uma campanha de teasers com demonstrações de suas tecnologias. Começa a ser vendido na Europa neste ano, mas só chega a outros mercados, como o brasileiro, em 2021.

Visualmente, o novo Classe S adota parte da identidade visual usada atualmente pela empresa, mas com alterações para que não seja "mais do mesmo", como aconteceu com CLS e Classe A Sedan - os faróis, por exemplo, usam os mesmos LEDs de DRL no contorno superior, mas o formato da peça é bem diferente. Isso sem falar que seu sistema se vale de tecnologia de LED inteligente.

Veja o vídeo que mostra as tecnologias do sedã

O carro manteve as três barras cromadas na horizontal na grade dianteira, mas o para-choque ganhou desenho novo, com entrada de ar que percorre toda a peça e contorno cromado. Na traseira há novas lanternas de LED em forma triangular, assim como visto em outros sedãs da Mercedes, mas que traz estilo próprio para o Classe S na comparação aos demais modelos.

Com uma nova plataforma, o sedã também ficou maior: são 5,28 metros de comprimento, 1,96 m de largura, 1,50 m de altura e 3,23 m de entre-eixos - maior, respectivamente, em 3,3 cm e 5,1 cm, além de 5,1 cm extras de entre-eixos. Esta diferença pode ser sentida no espaço para quem viaja nos bancos traseiros (costumeiramente os donos do carro), que promete mais conforto para pernas e cabeças.

 A maioria dos compradores do Mercedes-Benz Classe S utiliza o banco traseiro, não o do motorista
Legenda: A maioria dos compradores do Mercedes-Benz Classe S utiliza o banco traseiro, não o do motorista
Crédito: Divulgação

Motor e câmbio

O novo Classe S é outro carro da Mercedes que vai utilizar sistemas eletrificados. Ele traz o sistema EQ Boost, uma tecnologia conhecida como híbrida-leve que usa bateria de 48V e um gerador integrado ao alternador que recupera a energia com o movimento e a utiliza na aceleração ou em velocidades de cruzeiro, de modo que seja possível desligar o motor para economizar combustível.

Mas quais são seus motores? O mais básico é um 3.0 turbo de seis cilindros em linha, que equipa o S 500 - são 435 cv e 53 kgf.m de torque. Já o mais bruto é um 4.0 biturbo V8 de 503 cv e 71,3 kgf.m - nos dois casos, a caixa de câmbio é automática de nove marchas, com tração integral. O sistema EQ Boost citado entrega até 21 cv e 25,4 kgf.m a mais.

A Mercedes não revelou os números de aceleração, mas afirma que a velocidade máxima é limitada em 209 km/h. Só isso? Não: o novo Classe S terá, sim, outras motorizações, que só chegarão em outro momento – sabemos, por enquanto, que futuramente um motor V12 será usado pela versão luxuosa Maybach e que uma variante 100% elétrica, chamada EQS, será lançada em 2022.

Notícia final, também de extrema importância: nesta sétima geração o novo Classe S será vendido somente com carroceria sedã - sem, portanto, oferecer as derivações cupê e conversível. Isso faz com que esses clientes "órfãos" procurem por modelos como AMG GT e/ou a linha SL.

Novo Classe S 2022 ganhou identidade visual atualizada de acordo com outros carros da marca alemã
Crédito: Divulgação

Comentários