VW revela desenho final do Taos, que chega em 2021

SUV rival de Jeep Compass e do futuro Toyota Corolla Cross estreia em nosso país no segundo semestre do ano que vem

  1. Home
  2. Últimas notícias
  3. VW revela desenho final do Taos, que chega em 2021
André Deliberato
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

A Volkswagen revelou o desenho final do Taos, seu novo SUV médio, que será posicionado por aqui entre o T-Cross e o Tiguan - portanto, espere por preços entre R$ 130 mil e R$ 160 mil. O utilitário vai chegar para encarar modelos médios, como o líder Jeep Compass e veículos como Ford Territory, Chevrolet Equinox, Caoa Chery Tiggo 7 e o futuro Toyota Corolla Cross, entre outros.

O SUV, que também é feito sobre a plataforma modular MQB - e que era conhecido pelo nome de projeto Tarek -, será produzido na fábrica de General Pacheco, na Argentina, a partir da virada do ano. Segundo a Volks, a ideia é de que ele chegue ao mercado brasileiro no segundo semestre de 2021, praticamente um ano depois da estreia do Nivus.

Grandão, mas nem tanto

Os números saíram. O Taos foi revelado na Argentina, para os mercados latino-americanos - e nos Estados Unidos, que importará o carro do México, que também irá exportá-lo para a Europa. Ele tem 4,46 metros de comprimento, 1,63 m de altura, 1,84 m de largura e 2,68 m de entre-eixos. Para efeito de comparação, o Tiguan é 25 cm mais comprido, 2 cm mais alto e tem 9 cm a mais de entre-eixos.

O número do porta-malas do Taos argentino/brasileiro não foi revelado, mas o carro dos EUA tem capacidade para até 795 litros - volume que deve ser da medição até o teto, já que o Tiguan Allspace vendido no Brasil tem 710 l. Por conta disso, apostamos que o Taos tenha algo perto dos 455 litros que são oferecidos pelo Tharu, a versão chinesa do modelo.

Volkswagen Taos
Volkswagen Taos será o SUV posicionado entre o T-Cross e o Tiguan
Crédito: Divulgação

Visualmente, o SUV se mostra diferente do que conhecemos e atualiza o padrão de design dos carros da Volkswagen. Ele traz uma linha de LED que vai do logo da Volks até os faróis, ao contrário do que faz o Tiguan renovado - um dos lançamentos mais recentes da empresa -, que usa duas barras cromadas no lugar.

A traseira do Taos é praticamente idêntica à do Tharu: tem lanternas horizontais com iluminação em LED, mas perdeu a linha cromada que atravessava toda a carroceria. As rodas são de 17 polegadas de série, mas podem aumentar para 18" ou 19" no que depender da versão - por aqui, apostamos em uma linha enxuta, como fazem o Nivus e o próprio Tiguan.

Teto solar panorâmico? Aposte em item opcional. Por dentro, pelas imagens da versão Highline que você vê nesta nota, acabamento em material macio em algumas partes, mas plástico duro em outras, como na região superior do painel e nas portas - do mesmo jeito que encontramos em Nivus, T-Cross e Tiguan. Também é possível ver couro em partes dos bancos e na cobertura de alguns acabamentos.

Volkswagen Taos
Volkswagen Taos 250 TSI: motor será o 1.4 de 150 cv e 25,5 kgf.m de torque
Crédito: Divulgação

Já sobre o sistema multimídia, o SUV será equipado com a central multimídia VW Play com tela tátil colorida de 10 polegadas com toda a possibilidade de conexão via aplicativos como faz T-Cross e Nivus - o sistema inclui até a possibilidade de agendar revisões na concessionária pela tela -, com Apple CarPlay e Android Auto sem fio.

Outros itens que poderemos ver em sua lista de equipamentos serão os faróis com acendimento automático; chave presencial; sistema de partida por botão; volante com ajuste de altura e profundidade; banco do motorista com ajuste elétrico; sensor de chuva e crepuscular e ar-condicionado de duas zonas, entre outros.

Volkswagen Taos
Painel do Taos lembra o do Nivus - ele também terá o sistema VW Play
Crédito: Divulgação

Seguro e autônomo

Fora tudo isso, os catálogos já revelados pela Volks mostram que o Taos terá itens de condução semi-autônoma, como monitor de ponto cego; assistente de permanência em faixa com correção automática; controle de cruzeiro adaptativo (ACC) com Stop and Go e luz de conversão.

Entre os itens de segurança, está confirmado que o Taos terá radar de colisão frontal (front-assist), que detecta a aproximação rápida de um veículo à frente e aciona os freios automaticamente; e radar de colisão traseira, que emite sinais sonoros e também pode frear o carro de modo automático. Mas ainda não se sabe se serão itens exclusivos das versões mais caras.

Motor 1.4

Mecanicamente, a empresa já havia confirmado que o Taos será outro SUV equipado com o motor 1.4 TSI (turbo) de 150 cv e 25,5 kgf.m de torque e câmbio automático de seis marchas do tipo Tiptronic - assim como as versões topo de linha do T-Cross e de entrada do Tiguan.

Volkswagen Taos tem design parecido com o do Tharu, sua versão chinesa
Crédito: Divulgação

Comentários