Ford cria máquina climática para testar veículos

Do calor do deserto do Saara ao congelamento ártico da Sibéria, variando entre 40 graus negativos e 55 graus positivos

  1. Home
  2. Notícias
  3. Ford cria máquina climática para testar veículos
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Se acreditávamos ser impossível controlar o clima como em alguns filmes ou desenhos animados onde o vilão quer modificar a temperatura terrestre, a Ford fará você mudar de ideia. O novo Centro de testes Ambientais da Ford, em Colônia, Alemanha, é capaz exatamente disso, mas em uma escala bem menor, claro.

A ideia do local é reduzir os custos de produção e testes dos carros, uma vez que não será necessário viajar para testar os modelos em condições extremas. Por exemplo, é possível ir do calor do deserto do Saara ao congelamento ártico da Sibéria, variando entre 40 graus negativos e 55 graus positivos. A umidade também pode variar entre 10% e 95%.

É possível também fazer chover e testar a rapidez com que as janelas embaça ou desembaçam. Além de levar os veículos a 100 metros abaixo do mar e até 5.200 metros, que é a altura do pico alpino mais alto. Sendo assim, a Ford poderá testar em uma área do tamanho de um campo de futebol qualquer condição climática, testando sistemas de aquecimento, descongelamento dos vidros e até sistemas de admissão de ar.

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors