Os carros mais seguros do Brasil pelo Latin NCAP

Confira quais modelos obtiveram, no último ano, cinco estrelas na proteção a adultos e crianças após os testes

  1. Home
  2. Pit-Stop
  3. Os carros mais seguros do Brasil pelo Latin NCAP
Fernando Miragaya
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Você já deve ter visto - e lamentado - aqueles carros sendo jogados impiedosamente contra barreiras de concreto. São os testes de colisão que avaliam o nível de segurança proporcionado pelos veículos. Na América Latina e Caribe, essas análises são feitas pelo Latin NCAP desde 2010.

Nas avaliações, os carros são submetidos a impactos frontais e laterais. Após a batida, o órgão verifica o nível de danos aos dummies (bonecos que simulam o corpo humano de adultos e crianças) e o nível de deformação da cabine. A partir daí, os veículos são classificados em uma escala de zero a cinco estrelas: com cinco sendo o que oferece mais segurança.

O Latin NCAP não testa todos os automóveis à venda. Mas, na seleção, a maioria é comercializada no Brasil. Em outubro de 2019, a organização estabeleceu critérios mais rígidos para a avaliação. Além da proteção de adultos, crianças e pedestres, equipamentos como controles de estabilidade e itens de condução semi-autônoma passaram a ter relevância no novo protocolo.

Aproveitamos para mostrar quais são os carros mais seguros do Brasil pelo Latin NCAP avaliados a partir de 2019. Consideramos apenas os modelos que gabaritaram, ou seja, que obtiveram a pontuação máxima de cinco estrelas na proteção a ocupantes adultos e também a pasageiros infantis.

Toyota Corolla

Toyota Corolla 2.0l Dynamic Force 2
icon photo
Legenda: Novo Toyota Corolla 2.0 passou pelo novo protocolo do Latin NCAP e é um dos carros mais seguros do Brasil
Crédito: Divulgação

A 12a geração do sedã médio mais vendido do país nem bem foi lançada e logo passou pelo crivo do Latin NCAP, em dezembro de 2019. Assim como o Corolla anterior, obteve cinco estrelas nas duas categorias - mas agora, sob o novo protocolo da entidade. Vendido em quatro versões, o carro tem sete airbags, controles de estabilidade e tração e Isofix de série.

  • Proteção adultos: 29.41 pontos (max. 34.00)
  • Proteção crianças: 45.00 pontos (max. 49.00)
  • Proteção frontal: 11.41 pontos (max. 16.00)
  • Proteção lateral: 16.00 pontos (max. 16.00)
  • Chevrolet Onix

    Novo Onix vermelho em movimento na rua
    icon photo
    Legenda: A segunda geração do modelo mais emplacado do país se saiu bem nos testes de colisão
    Crédito: Divulgação

    O mais vendido do país também é um dos carros mais seguros do Brasil. Foi outro que chegou em nova geração e partiu para os testes de colisão. Com controles de estabilidade e tração em toda a linha, o compacto gabaritou nos dois níveis de proteção analisados. As avaliações foram feitas em novembro de 2019.

    • Proteção adultos: 28.90 pontos (max. 34.00)
    • Proteção crianças:  44.33 pontos (max. 49.00)
    • Proteção frontal: 11.65 pontos (max. 16.00)
    • Proteção lateral: 15.25 pontos (max. 16.00)
    • Volkswagen Jetta

      Jetta GLI 2019
      icon photo
      Legenda: Jetta é um dos carros mais seguros do Brasil ao tirar a máxima pontuação nos testes de colisão
      Crédito: Ricardo Rollo/WM1

      O sedã médio importado do México foi submetido às avaliações do Latin NCAP em setembro de 2019. Levou a constelação máxima na proteção a adultos e crianças. Comercializado em três versões no Brasil, recebe seis airbags, ESP e Isofix.

      • Proteção adultos: 30.16 pontos (max. 34.00)
      • Proteção crianças:  44.98 pontos (max. 49.00)
      • Proteção frontal: 14.16 pontos (max. 16.00)
      • Proteção lateral: 15.00 pontos (max. 16.00)
      • Chevrolet Onix Plus

        Chevrolet Onix Plus Premier
        icon photo
        Legenda: Chevrolet Onix Plus: tal qual o hatch, sedã gabaritou nas avaliações do Latin NCAP
        Crédito: Divulgação

        Também em setembro do ano passado, no mesmo mês em que foi lançado, o sedã sucessor do Prisma obteve classificação máxima nos testes de colisão - assim como o hatch.  Toda a linha Onix sai de fábrica com seis airbags, controles de estabilidade e tração e Isofix.

        • Proteção adultos: 28.34 pontos (max. 34.00)
        • Proteção crianças:  42.33 pontos (max. 49.00)
        • Proteção frontal: 11.65 pontos (max. 16.00)
        • Proteção lateral: 14.69 pontos (max. 16.00)
        • Volkswagen Tiguan

          icon photo
          Legenda: Novo Tiguan Allspace se saiu bem nas avaliações de segurança do Latin NCAP
          Crédito: Ricardo Rollo/WM1

          O utilitário esportivo médio chegou com proposta moderna no desenho e no conjunto mecânico. E no crash test do Latin NCAP mostrou ser seguro. Levou cinco estrelas em ambas as classificações, no mesmo mês em que o Jetta foi avaliado. Importado em três versões, se vale também de itens de segurança como ESP e seis airbags.

          • Proteção adultos: 31.94 pontos (max. 34.00)
          • Proteção crianças:  44.00 pontos (max. 49.00)
          • Proteção frontal: 14.94 pontos (max. 16.00)
          • Proteção lateral: 16.00 pontos (max. 16.00)
          • Toyota Hilux

            icon photo
            Legenda: Toyota Hilux ganhou sete aibags no ano passado e cinco estrelas na sequência
            Crédito: Divulgação

            A picape média fez bonito nos testes e está entre os carros mais seguros do Brasil. A avaliação foi realizada em agosto de 2019, logo após a linha ganhar sete airbags, O modelo importado da Argentina é comercializado no Brasil em 13 versões.

            • Proteção adultos: 31.63 pontos (max. 34.00)
            • Proteção crianças:  44.25 pontos (max. 49.00)
            • Proteção frontal: 14.63 pontos (max. 16.00)
            • Proteção lateral: 16.00 pontos (max. 16.00)
            • Toyota RAV4

              icon photo
              Legenda: Toyota RAV4 agora é híbrido e manteve a pontuação máxima para ser um dos carros mais seguros do Brasil
              Crédito: Marcos Camargo/WM1

              A nova geração do SUV surgiu com conjunto híbrido e foi testada pelo Latin NCAP antes mesmo de ser lançado oficialmente no Brasil, em maio de 2019. É oferecido em duas configurações de acabamento e gabaritou no nível de segurança.

              • Proteção adultos: 29.42 pontos (max. 34.00)
              • Proteção crianças:  43.00 pontos (max. 49.00)
              • Proteção frontal: 14.42 pontos (max. 16.00)
              • Proteção lateral: 14.00 pontos (max. 16.00)
              • Volkswagen T-Cross

                icon photo
                Legenda: T-Cross estreou um novo segmento para a Volkswagen e já obteve cinco estrelas no Latin NCAP
                Crédito: Ricardo Rollo/WM1

                O primeiro SUV compacto da Volkswagen no país estreou em janeiro e em março já foi submetido às colisões. Tirou cinco estrelas, de acordo com o Latin NCAP, e está entre os carros mais seguros do Brasil. É vendido em cinco versões.

                • Proteção adultos: 31.62 pontos (max. 34.00)
                • Proteção crianças: 42.77 pontos (max. 49.00)
                • Proteção frontal: 14.62 pontos (max. 16.00)
                • Proteção lateral: 16.00 pontos (max. 16.00)
                • Veja como foi um dos testes do novo Corolla

                   

                  Comentários