F-1: Ghosn investirá “o que for preciso” para Renault vencer

  1. Home
  2. Salões
  3. F-1: Ghosn investirá “o que for preciso” para Renault vencer
Rodolpho Siqueira
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- Se a situação das demais equipes frente à Renault já está complicada, tudo indica que pode ficar pior. Segundo o presidente mundial da fábrica francesa – o brasileiro Carlos Ghosn –, a empresa não medirá esforços para que sua equipe se mantenha como o principal time da categoria por muitos anos. Ghosn concedeu uma entrevista coletiva durante o GP de Mônaco, na qual deixou claro que dá apoio total ao time campeão do mundo.

“Quando se está na Fórmula 1, se quer competir no nível mais alto, e nós vamos fornecer o investimento necessário”, disse o presidente mundial da Renault. “A Aliança Renault-Nissan possui a segunda maior capitalização de mercado da indústria automotiva, e é a segunda em termos de lucratividade. Oferecer o investimento não é o problema, e, aliás, estamos em uma posição mais forte do que muitos de nossos concorrentes. Nossa equipe existe para promover desempenho. Nós não vamos estabelecer um orçamento e ver o que podemos realizar com ele. É bem o contrário: a equipe está vencendo, está fazendo um bom trabalho, e nós vamos lhe dar os meios para continuar assim”, prometeu Ghosn.

O presidente da Renault afirmou ainda que tem orgulho da administração da equipe de F1, que é feita pelo francês Alain Dassas e pelo italiano Flavio Briatore. “O fato é que nós temos uma equipe profissional, com pessoas talentosas, e eles não gastam mais do que o necessário. É uma equipe responsável. Nós estamos alcançando os melhores resultados com um dos menores orçamentos, e isso é algo que nos faz ter muito orgulho dessa equipe. Seria embaraçoso se as coisas fossem de maneira oposta, e nós tivéssemos o maior orçamento, mas sem alcançar resultados”, elogiou Carlos Ghosn..
_______________________________
E-mail: Comente esta matéria

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors