F1 de rua da AMG vai passar dos 350 km/h

'Teaser' revela dianteira do Mercedes-AMG Project One, que será apresentado este mês no Salão de Frankfurt

  1. Home
  2. Frankfurt
  3. F1 de rua da AMG vai passar dos 350 km/h
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

A Mercedes-Benz vai lançar um supercarro com motor e muitas outras tecnologias desenvolvidas junto ao carro da marca alemã que disputa o mundial de Fórmula 1 com os pilotos Lewis Hamilton e Valteri Bottas. Chamado internamente de Project One, o superesportivo está prestes a ser revelado, ainda como protótipo bem próximo da versão de produção, neste mês, durante o Salão de Frankfurt (Alemanha), realizado este ano de 14 a 24 de setembro.

icon photo
Legenda: Mercedes-AMG Project One teaser
Crédito: Mercedes-AMG Project One teaser

A AMG, divisão de alta performance da marca da estrela de três pontas e responsável pelo desenvolvimento do carro, divulgou um "teaser" da dianteira, ainda envolta em sombras, com faróis afilados em LEDs, para-lamas grandes e uma entrada de ar posicionada no teto, para ajudar a resfriar o motor 1.6 V6 turbo, os motores elétricos e todos os demais recursos eletrônicos.

A companhia, que há alguns meses já havia exibido o chassi e todo o trem de força do Project One, também informou alguns dados técnicos da supermáquina, cujo sistema híbrido de propulsão vai render mais de 1.000 cv de potência. A montadora promete velocidade máxima acima de 350 km/h! Número digno de carro de F-1.

icon photo
Legenda: mercedes-amg-project-one_1.jpg
Crédito: mercedes-amg-project-one_1.jpg

O motor a combustão vai trabalhar em conjunto com outros quatro elétricos - dois no eixo traseiro e dois no eixo dianteiro, incluindo tecnologia de recuperação de energia da frenagem para ajudar a recarregar as baterias. A unidade de 1,6 litro turbinada, aliás, receberá modificações para maior durabilidade no uso diário, considerando que vai operar em altas rotações - o corte dos giros, segundo especula-se, será acima de 10.000 rpm.

icon photo
Legenda: mercedes-amg-project-one-underpinnings_1.jpg
Crédito: mercedes-amg-project-one-underpinnings_1.jpg

Mesmo com essas alterações, o propulsor turbo terá de ser recondicionado a cada 50 mil km rodados, justamente por conta da alta potência e dos giros elevados - na Fórmula 1, os motores são trocados algumas vezes durante o ano.

A AMG-Mercedes já anunciou que todas as 275 unidades que serão produzidas já foram reservadas. Estima-se que cada Project One será vendido por US$ 2,6 milhões (cerca de R$ 8,15 milhões na conversão direta). As entregas vão começar somente em 2019.

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors