Raikkonen vence em domínio da Ferrari em Sepang

Felipe Massa, que largou na pole position, rodou quando ocupava a segunda posição
  1. Home
  2. Salões
  3. Raikkonen vence em domínio da Ferrari em Sepang
Autoracing
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- A Ferrari se recuperou do péssimo resultado em Melbourne e foi soberana no GP da Malásia, a segunda etapa da temporada 2008. Kimi Raikkonen e Felipe Massa dominaram em Sepang desde os treinos, e na corrida não deram qualquer chance para os adversários.

Quem levou a melhor na disputa interna foi o finlandês campeão mundial, que venceu pela primeira vez na temporada e pela segunda no traçado malaio. Raikkonen largou em segundo e comboiou o brasileiro até a primeira rodada de pit stops. Tendo parado na 18ª volta, uma depois de Massa, o finlandês se aproveitou e voltou na frente.

Após a parada, Massa começou a ficar um pouco para trás. Buscando retomar a liderança, o brasileiro rodou na 31ª volta, ficando na caixa de brita e abandonando a prova, permanecendo sem pontuação neste início de campeonato.

Robert Kubica BMW fez uma corrida consistente e chegou em segundo, a sua melhor colocação na categoria. O polonês chegou inclusive a assumir a liderança por breves momentos, após os pit stops dos carros da Ferrari.

O melhor resultado da McLaren foi a terceira colocação de Heikki Kovalainen. Lewis Hamilton, vencedor na Austrália, fez uma boa largada, pulou de nono para sexto, ultrapassou Jarno Trulli Toyota, mas perdeu 20 segundos no seu primeiro pit stop e passou boa parte da corrida atrás de Mark Webber Red Bull. Acabou em quinto, atrás de Trulli.

O sexto colocado foi Nick Heidfeld BMW, que protagonizou o mais belo lance da corrida, tendo ultrapassado de uma só vez Fernando Alonso Renault e David Coulthard Red Bull, ainda nos estágios iniciais. O espanhol bicampeão fechou a zona de pontuação, atrás de Webber.

Entre os demais brasileiros, o melhor foi Nelsinho Piquet Renault, que fez uma corrida regular e acabou em 11º. Rubens Barrichello Honda foi penalizado com um drive-through por velocidade excessiva em seu segundo pit stop, acabando em 13º.

O GP da Malásia teve cinco abandonos, contando com o de Massa. Sebastien Bourdais Toro Rosso foi para a brita, e Timo Glock Toyota teve o seu carro danificado após toque com Nico Rosberg Williams. Adrian Sutil Force India e Sebastian Vettel Toro Rosso tiveram problemas mecânicos.

A terceira etapa da Fórmula 1 acontece no dia 6 de abril, no circuito de Sakhir Bahrain.

Confira a classificação da prova:
Pos Piloto Equipe Distância
1 Raikkonen Ferrari 1h31min18s555
2 Kubica BMW Sauber + 19s570
3 Kovalainen McLaren-Mercedes + 38s450
4 Trulli Toyota + 45s832
5 Hamilton McLaren-Mercedes + 46s548
6 Heidfeld BMW Sauber + 49s833
7 Webber Red Bull-Renault + 1min08s130
8 Alonso Renault + 1min10s041
9 Coulthard Red Bull-Renault + 1min16s220
10 Button Honda + 1min26s214
11 Piquet Renault + 1min32s202
12 Fisichella Force India-Ferrari + 1 volta
13 Barrichello Honda + 1 volta
14 Rosberg Williams-Toyota + 1 volta
15 Davidson Super Aguri-Honda + 1 volta
16 Sato Super Aguri-Honda + 2 voltas
17 Nakajima Williams-Toyota + 2 voltas
- Vettel Toro Rosso-Ferrari não terminou
- Massa Ferrari não terminou
- Sutil Force India-Ferrari não terminou
- Glock Toyota não terminou
- Bourdais Toro Rosso-Ferrari não terminou

Volta mais rápida: Heidfeld, 1min35s366

Comentários pós-corrida

Kimi Raikkonen, 1º colocado: “Tivemos um final de semana muito complicado na Austrália. Não estávamos totalmente certos de que as coisas seriam diferentes por aqui. Sabíamos apenas que estaríamos bem em termos de velocidade. Tudo funcionou perfeitamente aqui e garantimos que nada daria errado, até poupamos o motor. Foi um trabalho perfeito da equipe. Eu teria ficado ainda mais alegre se o Felipe ficasse em segundo, mas as coisas deram errado. Creio que ainda temos dificuldades na classificação. Foi bom me classificar em segundo, mas na última sessão eu não tinha aderência nos pneus. O carro estava bom durante todo o final de semana, mas às vezes é difícil extrair o máximo dos pneus.”

Felipe Massa, abandonou: “Eu me sinto frustrado, não é o início de ano que eu esperava e me sinto muito mal pelo que ocorreu. Mas precisamos nos concentrar, ainda temos 16 corridas e precisamos ter um bom ritmo na próxima. Tínhamos uma dobradinha garantida e não poderíamos terminar com apenas um carro. Precisamos nos recuperar agora. Eu senti algo estranho na Curva 6, fui para a zebra muito forte e quando entrei na 7, perdi o carro. É difícil explicar agora o que houve.”

Stefano Domenicali, diretor de esportes: “Estamos muito felizes com a vitória de Kimi, mas igualmente desapontados com o abandono de Felipe, o que impediu a nossa dobradinha. Mostramos aqui o que podemos fazer após o final de semana ruim na Austrália. Sabemos que ainda temos muito o que melhorar em termos de performance e confiabilidade, acima de tudo. A equipe fez bem as suas tarefas, mostrando que sabe como reagir. Meus parabéns ao Kimi e nossos agradecimentos aos parceiros Philip Morris e Shell.”

Gosta de carros de competição?

Então veja aqui no WebMotors as melhores ofertas para esse segmento:

Porsche

Ferrari

Lamborghini

Leia também:

Os campeões de 2007

O incrível Mundo da Fórmula 1

Caparo T1, o primeiro Fórmula 1 de rua

Desafio Internacional das Estrelas

Carrões da GT3 também podem rodar nas ruas

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors