Schumacher "perdeu controle" a 16 km/h, diz comissário

  1. Home
  2. Salões
  3. Schumacher "perdeu controle" a 16 km/h, diz comissário
Rodolpho Siqueira
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- Um dos comissários que tomaram parte na decisão de punir Michael Schumacher no GP de Mônaco por ter parado seu Ferrari em local perigoso e, por conseqüência, ter prejudicado as voltas dos pilotos que ainda estavam em condições de obter a pole disse ao jornal italiano Gazzetta dello Sport que o alemão "perdeu o controle" do bólido a apenas 16 km/h.

Na verdade, a velocidade é a que foi registrada no momento em que Schumacher fez a manobra e também serve de prova de que os fatos não correspondem à versão do multicampeão da Fórmula 1.

Joaquim Verdegay é vice-presidente da fcaptionação espanhola de esportes a motor e também um dos três comissários que analisaram as imagens e a telemetria do Ferrari. Segundo ele, as evidências indicavam que Schumacher agiu deliberadamente ao parar seu carro. "Foi uma decisão difícil, pois não queríamos arriscar cometer um engano e com isso colocar a reputação de um piloto em risco", disse o comissário. "Não sabemos se toda a manobra foi deliberada, mas naquele ponto ele não fez nada parecido durante todo o fim de semana: Schumacher freiou 50% mais forte do que nas outras voltas. Então, ele fez um contra-esterço desnecessário, que foi executado por cinco metros, até que não houvesse mais chances de contornar a curva normalmente".

Segundo o comissário, Schumacher recebeu a punição estabelecida no artigo 116 do regulamento esportivo da FIA: "Se um piloto afetar o resultado de outros ao cometer um erro, você pode cancelar suas voltas", explica.
_______________________________
E-mail: Comente esta matéria

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors