Audi A3 1.8 Turbo 180cv Tiptronic

Ah, se estivéssemos na Alemanha...


  1. Home
  2. Testes
  3. Audi A3 1.8 Turbo 180cv Tiptronic
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

















ITENS TESTADOS 










 



















































  GOSTOU?


A3
usado
 
compare
todas as versões 
 


 
 
 












Câmbio com acionamento
por meio de teclas no volante, alto conforto e
desempenho “sangue quente” são
pontos altos do médio alemão.


Dirigir um carro como o Audi A3
1.8 Turbo pelas ruas e estradas brasileiras é
pedir para cair em tentação - claro,
se não cair num dos incontáveis
buracos antes. Afinal, é difícil
conseguir conter-se quando se sabe que estão
à disposição 180 cavalos
bem tratados, câmbio Tiptronic (que permite
a mudança de marchas por meio de teclas
no volante), controle de tração,
freios ABS de quinta geração, entre
outros requintes.


Rodar com o A3 a 120 km/h (ele
chega, segundo a Audi, a 228 km/h de velocidade
máxima) com vidros fechados, ar-condicionado
e CD player ligados dá a sensação
de se estar a uma velocidade bem menor. O conforto
é tanto que basta um descuido e pronto:
está-se acima da velocidade permitida.


A convite da Audi Senna do Brasil,
fizemos uma viagem-teste a Campos do Jordão,
em São Paulo, para melhor avaliarmos o
A3 1.8 Turbo, que desde o começo deste
ano passou a contar com a opção
de motor com 180 cavalos e o moderno câmbio
Tiptronic.


O que já era bom, ficou
melhor. Com o câmbio no volante, o A3 ganhou
um apelo muito mais esportivo, ficando mais agradável
de dirigir. No trânsito da cidade, basta
colocar no Drive e seguir tranqüilo. Na estrada,
principalmente em trechos sinuosos, move-se a
alavanca para a direita e começa a diversão.
Numa tocada rápida, mas sem exageros, o
carro se manteve estável em curvas fechadas
ou longas, inclinando levemente a carroceria.
Nada que surpreendesse.


O motor 1.8 Turbo com 180 cavalos
responde muito bem, principalmente em ultrapassagens
ou acelerações. De acordo com a
Audi, o modelo vai de 0 a 100 km/h em 7,2 segundos.


O único problema foi não
estarmos na Alemanha...























Fotos: André
Larangeira























DESEMPENHO



Motor turbo e câmbio Tiptronic são atrações
especiais do modelo

Segundo a Audi, o A3 serve a quem quer dirigir com
conforto, bastando para isso deixar a alavanca na posição
drive, e satisfaz também quem busca esportividade,
trocando de marchas manualmente. Pode-se dizer que essa
definição simplifica por demais a sensação
de se dirigir o carro.


Os 180 cavalos do motor são muito bem adestrados,
e pode-se fazer muitas estripulias com eles. Na estrada,
a 150 km/h, o conta-giros do A3 marca 3.500 rpm - sinal
de que ainda há muito a ser explorado.


Os números fornecidos pela montadora são
tentadores: 228 km/h de velocidade máxima e aceleração
de 0 a 100 km/h em 7,2 segundos.


A suspensão é bem calibrada, e o carro
se comporta com segurança em trechos sinuosos,
quando é mais exigido. A carroceria inclina pouco
e a frente mantém-se estável. Na cidade,
quando o que se busca é a maciez, ela corresponde,
enfrentando bem os infinitos buracos das ruas.


voltar





















TECNOLOGIA



Modelo oferece ótimo pacote de equipamentos de
série


Classificado pela montadora como “compacto premium”,
o A3 vem de série com ABS de quinta geração
com EBD (controle de pressão dos freios), ASR
(controle de tração) e computador de bordo.
Está bom? Pois ele ainda vem equipado com sistema
de som Audi Symphony com CD player (capacidade para
6 discos), rádio Am/FM e toca-fitas, ar condicionado
digital.


Entre os opcionais, estão teto solar elétrico,
faróis de Xenon e piloto automático.


E o melhor de tudo: o câmbio Tiptronic. Com a
alavanca de câmbio movida para o lado direito,
o comando de troca passa do sistema automático
para o manual. Nessa condição, o motorista
pode optar entre mudanças na própria alavanca
(com leves toques para a frente ou para trás)
ou nas duas teclas instaladas no volante, ao alcance
dos polegares. Por meio delas, tanto à esquerda
quanto à direita, pode-se aumentar marchas pressionando
a parte superior de qualquer tecla e reduzir apertando
a parte inferior. Ambas as teclas têm sinais de
+ e -, facilitando a operação.


É o melhor da tecnologia em um carro cujo preço,
se não o coloca próximo à maioria
dos mortais, também não o deixa tão
longe assim. A versão 5 portas sai por R$ 68.590,00.


voltar





















CONFORTO

A3 é compacto só no nome




Falar em carro compacto logo vem à mente a imagem:
pouco espaço, passageiros apertados, posição
de dirigir incômoda....No Audi, o compacto está
só no nome.


Tudo bem que o espaço traseiro não é
lá essas coisas, mas a quantidade de equipamentos
de série e acessórios compensa esses “detalhes”.


O sistema de som apresenta bom desempenho e definição
- aliás, melhor do que no A4 Avant, que possui
o mesmo equipamento mas o som não apresenta a
mesma qualidade - o ar-condicionado digital é
eficiente e o teto solar elétrico colabora para
aumentar o prazer de guiar na estrada, por exemplo.


Mas ainda assim, ponto negativo para a posição
do extintor de incêndio. Colocado debaixo do banco
do motorista, toda vez que se entra ou sai do veículo
os pés esbarram nele.


voltar






















DESIGN

Sonho de consumo do brasileiro, desenho
do A3 está ficando ultrapassado




O brasileiro tem o A3 como “carro de entrada”
no universo dos importados. Nas ruas da cidade, o modelo
ainda chama a atenção por onde passa,
embora já esteja “adaptado” ao cenário
cotidiano dos brasileiros.


Seu desenho arredondado é o mesmo há
alguns anos, e começa a dar sinais de envelhecimento.
Embora a Audi tenha dado alguns pequenos retoques, terá
de se esforçar um pouco mais, já que a
chegada do Alfa Romeo 147 vai esquentar a briga no setor,
até agora ocupado com tranqüilidade pelo
A3.



voltar










Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors