VW Saveiro CE Trooper peca por falta de equipamentos

Comportamento dinâmico também é atrapalhado pelo câmbio e pelo raio de esterço ruim


  1. Home
  2. Testes
  3. VW Saveiro CE Trooper peca por falta de equipamentos
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- A renovação da família Gol com uma plataforma moderna, com motor transversal, demorou demais para acontecer. Tanto que a Volkswagen perdeu uma liderança histórica para a Fiat já há quase uma década e não a recuperou desde então. A nova Saveiro chegou com a missão de ajudar a marca a retomar a tal liderança, inclusive dando o braço a torcer a sua maior concorrente, a Fiat Strada, ao incorporar pela primeira vez a cabine estendida. Nós avaliamos a Saveiro em sua versão mais cara, a Trooper, e podemos dizer que ela tem, sim, trunfos para chegar a seu objetivo. Mas também alguns problemas.

A maior qualidade da picape é sua atualidade. A Saveiro, hoje, pode se gabar de ser a picape pequena mais moderna do país. Construída sobre a plataforma PQ24, a mesma do VW Polo IV, ela também traz elementos do PQ25, o Polo V, já vendido na Europa. Com isso, ela está quase em sintonia com o que é feito no exterior. A Fiat Strada tem uma plataforma bem mais velha, a mesma com a qual o Palio estreou, em 1996.

Outro aspecto interessante é o estilo jovem e ainda fresco, diferente do das outras picapes pequenas à venda no país, todas com bastante tempo de comercialização. Quem está buscando novidade vai necessariamente optar pela Saveiro, ainda mais em se tratando da opção de cabine estendida. Como só ela e a Strada oferecem a opção no segmento, e a Strada já é uma veterana, sobra a Saveiro.

A versão CE Trooper, que sai a R$ 38,99 mil, traz de série apenas direção hidráulica e regulagem do volante em altura e distância como itens relevantes. Todos os demais, como os pneus 205/60 R15, com rodas de aço, os faróis de máscara negra, a janela traseira corrediça e a terceira luz de freio com iluminador de caçamba não deveriam sequer ser citados como diferenciais.

Bom mesmo seria se toda Trooper viesse como a que avaliamos, ou seja, equipada com ABS, airbags, retrovisores, vidros e travas elétricos, toca-CD com MP3, volante multifuncional, ar-condicionado, alarme, sensor de estacionamento e capota marítima. Em suma, se ela viesse completa e a versão Trooper contasse com todos estes itens de série. Isso elevaria seu preço a R$ 48,39 mil, se os valores destes itens continuarem iguais aos do lançamento. Isso porque o tal configurador do site da Volkswagen vive em atualização e não conseguimos confirmar os valores atuais dos equipamentos. A marca alemã até melhorou o ritmo de atualização de seus automóveis, mas o de seus sites ainda precisa melhorar...

A R$ 48,39 mil, a VW Saveiro CE Trooper sai mais barata do que a Fiat Strada CE Adventure. Com capota marítima, dois airbags dianteiros, ABS, retrovisores elétricos e toca-CD com MP3, a picape da marca italiana sai por R$ 52.377. É uma boa diferença de preço, mas que talvez se justifique pelo fato de a Strada ter o sistema Locker e suspensão mais alta e reforçada que a da Trooper.

De todo modo, a Strada Adventure já vem de série com vidros e travas elétricas, bem como com ar-condicionado. E, com estes itens, custa R$ 46,82 mil. Na hora da revenda, a Strada será mais valorizada e fácil de vender que a Trooper porque ela incorpora esses equipamentos como itens de série, enquanto a versão topo de linha da Saveiro só os oferece como opcionais. Em outras palavras, ela é mais voltada à aparência que à funcionalidade.

Ao volante

Se a aparência agrada e a falta de equipamentos de série é de lamentar, o comportamento dinâmico da picapinha também fica devendo. Apesar de equipada com o bom motor EA-111 1.6 VHT, um 1,6-litro que rende 104 cv com álcool, o câmbio MQ200 não a ajuda.

Primeiro, porque tem marchas muito longas, especialmente as primeiras. Isso faz o motor demorar a responder, como se ele não fosse bem disposto. Segundo a VW, isso se deve ao fato de a picape ser voltada ao transporte de carga. Seja qual for a desculpa, o carro fica chocho.

Segundo, porque o câmbio, em nossa avaliação, apresentou dificuldades de engate. A primeira marcha às vezes custava a engatar, o que pode indicar problemas nos anéis de sincronização da transmissão, um problema que já aconteceu com o Gol em gerações anteriores. Tomara que seja um caso pontual, exclusivo da unidade que avaliamos.

Em termos de ergonomia, a Saveiro acompanha a boa posição de dirigir do novo Gol e se mostra solícita quando o assunto é encontrar o modo mais confortável de conduzir, inclusive por oferecer uma posição mais baixa de banco e mais espaço para as pernas do que a Strada. O que atrapalha, e muito, são as barras de proteção do vidro traseiro, que ficam bem diante do retrovisor interno. Já que a Volkswagen copiou a Chevrolet Montana, com o apoio de pé na lateral, bem poderia ter copiado também a grade de proteção, reformulada depois de reclamações semelhantes.

A grande novidade da Saveiro, a cabine estendida, se mostra um espaço útil para o transporte de pequenos objetos ou de malas para uma viagem de final de semana, mas é visivelmente menor que a da Fiat Strada. Talvez de propósito, para evitar que pessoas transportassem crianças ou mesmo adultos naquele nicho, algo que é freqüente na picape da marca italiana. Por mais que isso seja proibido e coloque em risco a vida dessas pessoas, mas isso é fichinha em um país onde crianças e animais ainda viajam nos bancos da frente, muitas vezes no colo de quem dirige, uma irresponsabilidade sem tamanho.

Se falta espaço dentro da picape, a caçamba se mostra mais ampla do que a da Strada CE. Além da regulagem do câmbio, portanto, a caçamba mostra de modo flagrante que a Volkswagen privilegiou o público que realmente usa a picape para carregar coisas. Um público que, por mais estranho que pareça, não é necessariamente o que mais compra picapes.

Em movimento, fora o comportamento chocho da Saveiro, devido ao câmbio longo, também desagrada o fato de a Saveiro esterçar muito pouco. Isso complica a vida do motorista em vagas apertadas de shopping ou em espaços reduzidos. Mais de uma vez tivemos de manobrar a picape em lugares de onde teríamos saído de primeira com outros veículos.

Não se pode negar que a Saveiro ficou bonita. Nem que é a opção mais moderna de seu segmento. Mas os problemas que ela apresenta podem ser motivo mais do que suficiente para que a Strada se mantenha na liderança em seu segmento. Para sorte da Volkswagen, eles são fáceis de corrigir. Basta a empresa querer.

FICHA TÉCNICA – Volkswagen Saveiro CE Trooper

MOTORQuatro tempos, quatro cilindros em linha, transversal dianteiro, duas válvulas por cilindro, refrigeração a água, 1.598 cm³
POTÊNCIA101 cv a 5.250 rpm gasolina e 104 cv a 5.250 rpm álcool
TORQUE151 Nm a 2.500 rpm gasolina e 153 Nm a 2.500 rpm álcool
CÂMBIOManual de cinco velocidades
TRAÇÃO Dianteira
DIREÇÃOHidráulica, por pinhão e cremalheira
RODASDianteiras e traseiras em aro 15”
PNEUS Dianteiros e traseiros 205/60 R15
COMPRIMENTO4,49 m
ALTURA1,50 m
LARGURA1,71 m
ENTREEIXOS2,75 m
CAÇAMBA924 l cabine simples e 734 l cabine estendida
PESO em ordem de marcha1.067 kg
TANQUE55 l
SUSPENSÃODianteira independente, do tipo McPherson; traseira independente com braços longitudinais
FREIOSDianteiros com discos e traseiros com tambores
CORES Cores sólidas: branco Cristal, vermelho Flash, cinza Urano e preto Ninja. Três metálicas: prata Sirius, cinza Vulcan e a cor especial de lançamento azul Mediterrâneo
PREÇOSR$ 38,99 mil


_________________

Twitter
_________________Gosta de picapes pequenas?

Então veja aqui no WebMotors as melhores ofertas para esse segmento:

Volkswagen Saveiro

Chevrolet Montana

Fiat Strada

Ford Courier

Chevrolet Pick-up Corsa

Ford Pampa

Chevrolet Chevy 500

Fiat Fiorino

Fiat 147 Pick-Up

Leia também:

Ford Focus renasce com motor Sigma

Fiat Stilo Blackmotion não se livra do peso dos anos

Kia Cerato só não ameaça Honda Civic porque é importado

smart fortwo dá show de praticidade e disposição

Renault Symbol mostra que há preço baixo entre os bem-equipados

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors