Caravan: andamos na última série de um ícone nacional

Além de ser a última série, modelo também é um representante da versão Diplomata, a mais luxuosa da gama
  1. Home
  2. Cultura WM1
  3. Caravan: andamos na última série de um ícone nacional
Renato Bellote
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon


Se o Opala escreveu um capítulo importante na história da Chevrolet no Brasil, a Caravan não fica atrás. A perua lançada antes do termo station wagon se tornar moda fez a alegria de famílias inteiras, transportando pessoas e muitas malas de viagem.

 

Aliás, quantas férias inesquecíveis não começaram ou terminaram a bordo de uma delas? Naquela época os veículos desse tipo traziam apenas duas portas, algo impensável no mercado atual, mas que foi referência de todo um período.

 

A Caravan chegou ao mercado em 1975 como uma opção derivada do Opala. Mas o tempo mostrou que  conquistaria um nicho próprio de compradores, ávidos por espaço interno e que buscavam a solidez mecânica do cupê.

 

O exemplar da matéria dessa semana é bem especial. Além de ser a última série, também é um representante da versão Diplomata, a mais luxuosa da gama, e traz rodas de 15 polegadas, pára-choques integrados e as lanternas traseiras com acabamento fumê.

 

Sob o capô temos o conhecido seis cilindros em linha, com 4,1 litros e 121 cv. O torque é de 29 kgfm. Esse motor é um dos preferidos dos preparadores e pode chegar, nas pistas de arrancada, a mais de 1.000 cv de força.

 

 

Impressões ao volante

Quem nunca guiou um Opala e seus derivados deve experimentar. É algo interessante e uma mistura de conforto e força. Mesmo sem toda a cavalaria das versões anteriores, o 4.1 tem uma tocada bem agradável.

 

A transmissão automática da ZF também é um ponto forte. E seus dados de aceleração não são ruins pra época, com o 0 a 100 km/h em 12 segundos e velocidade máxima de 175 km/h. O acabamento é outro diferencial.

 

Quase duas décadas no mercado transformaram a Caravan em um símbolo da Chevrolet. E seu estilo que foi envelhecendo se tornou também uma referência de comodidade e também do tempo em que as stations eram verdadeiras peruas, com estilo de sobra e muita história pra contar.  

 

 

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors