Ciência estuda meios de proteger fetos

De acordo com pesquisa, de 300 a 1000 morrem em acidentes envolvendo motoristas grávidas
  1. Home
  2. Cultura WM1
  3. Ciência estuda meios de proteger fetos
Adriana Bernardino
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Em uma iniciativa inédita, cientistas e indústria automobilística estão estudando soluções de segurança nos veículos que levem em conta as necessidades e riscos das gestantes ao volante. De acordo com pesquisa realizada nos Estados Unidos, de 300 a 1000 fetos morrem todos os anos em acidentes de carro envolvendo motoristas grávidas.

A pesquisa começou há três anos na Universidade Virginia Tech e conta com a parceria da Ford Motor Company. “O maior risco com uma passageira grávida é o descolamento da placenta. Este descolamento é delicado e não é preciso empregar muita força para que isto aconteça. Quando a placenta se descola, o bebê fica sem oxigênio. Isso é responsável por 80% das causas de abortamento apos um acidente de carro. O maior problema é o volante do carro”, declarou ao New York Times Stefan Duma, pesquisador-chefe da School of Biomedical Engineering and Science SBES, coordenador do estudo.

Para descobrir o nível de impacto que pode causar o rompimento da placenta, os pesquisadores usaram alta tecnologia para obter dados precisos sobre tamanhos e localização do útero, da placenta e do feto. Em seguida, desenvolveram um protótipo de grávida para ser usado em crash tests virtuais. Nas simulações de acidente realizadas durante o desenvolvimento de novos modelos, está sendo possível avaliar como os impactos afetam o cérebro, os órgãos internos e o esqueleto do feto.

As soluções de segurança para bebês na barriga de suas mães podem estar nos veículos em 15 anos. Enquanto isso, Duma sugere alguns cuidados às motoristas grávidas, como usar adequadamente o cinto de segurança e ficar o mais longe possível do volante, isso para reduzir pressões sobre o abdômen.


Twitter


Leia também

Grávidas: confira orientações para dirigir com segurança e bem-estar

Mulheres tiveram papel importante no sucesso do automóvel

Barbeiragem no trânsito pode ser genética

Ao volante, piadas e discussões distraem mais do que música, diz pesquisa

Cara de Escort XR3 conversível: grávida quer um amarelo. Se seu desejo não for satisfeito...

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors