VW confirma 17 mil Amarok envolvidas em fraude no Brasil

Veículos fabricados em 2011 e 2012 possuem chip que burla emissões; recall só em 2016
  1. Home
  2. Cultura WM1
  3. VW confirma 17 mil Amarok envolvidas em fraude no Brasil
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

IMAGE

A Volkswagen do Brasil confirmou oficialmente que 17.057 unidades da picape Amarok equipadas com motor a diesel possuem o software que manipula resultados de emissão de poluentes. A manipulação foi feita em automóveis fabricados em 2001 e 2012.

Os chips instalados na unidade de comando do propulsor da família EA189 burlam resultados de vistorias ambientais. O esquema descoberto nos Estados Unidos foi adotado em 11 milhões de veículos do Grupo Volkswagen em diversos mercados.

A Amarok vendida no Brasil é fabricada na Argentina e a manipulação do propulsor foi feita nos chassis seguintes:

ANO-MODELO

CHASSIS NÃO SEQUENCIAIS

2011

BA000257 até BA000338

2011

B8000200 até B8082605

2012

CA001950 até CA026145

A Volkswagen do Brasil afirmou que enviará cartas aos proprietários dos veículos afetados e que convocará recalls a partir do primeiro trimestre de 2016. No comunicado oficial, a marca garantiu que “uma atualização do software se encontra em desenvolvimento pela matriz da empresa na Alemanha para aplicação nos países afetados.”

A emprese reiterou que a adulteração dos motores não representa riscos à segurança e funcionalidade dos veículos e disponibilizou dois canais para atender a eventuais dúvidas: telefone 0800 019 5775 e site www.vw.com.br.

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors