Carros com motores 3 cilindros até R$ 60 mil

Modelos são consideravelmente mais econômicos e podem surpreender com desempenho quando dotados de turbo

  1. Home
  2. Bolso
  3. Carros com motores 3 cilindros até R$ 60 mil
Renan Rodrigues
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Há poucos anos o motor três cilindros começou a ganhar força no Brasil. A popularização de fato aconteceu com o subcompacto Volkswagen up!, especialmente quando adotou sobrealimentação com turbo.

Apesar de pequenos, esses motores garantem bom desempenho e, principalmente, economia de combustível. Pensando nisso, separamos quais modelos custam até R$ 60 mil e têm esse tipo de motor.

Onix e Onix Plus

Onix e Onix Plus
icon photo
Legenda: Onix e Onix Plus também podem ser comprados online no serviço da Chevrolet
Crédito: Divulgação

No caso do hatch, você pode escolher se prefere um LT aspirado com mais itens de série ou um Turbo AT e levar mais potência e o conforto da caixa automática para casa. No 1.0 aspirado, a potência é de 78 cv com gasolina e 82 cv com etanol, além de ter torque de 9,6/10,6 kgfm, respectivamente. O câmbio é manual de seis marchas. No caso do turbinado, a potência sobe para 116 cv e 16,8 kgf.m de torque.

Para o sedã, com o orçamento mencionado, apenas a versão aspirada está disponível. O consumo na linha Onix muda um pouco entre as carrocerias. Com motor aspirado, o hatch faz 9,9 km/l na cidade com etanol contra 10,1 km/l do sedã. Quando mudamos para gasolina, são 13,9 km/l contra 14,3 km/l.

Na estrada os números são de 11,7 km/l e 12,5 km/l com etanol e 16,7 km/l e 17,7 km/l, sempre com vantagem para o sedã. O hatch turbo faz 10,8 km/l e 15,3 km/l na cidade. Na estrada os número vão para 15,1 km/l e 21,3 km/l.

HB20 e HB20S

Familia Hb20
icon photo
Legenda: Apenas duas versões da linha HB20 com motor tricilíndrico custam até R$ 60 mil
Crédito: Divulgação

Na linha Hyundai do HB20, apenas versões aspiradas estão disponíveis abaixo dos R$ 60 mil. Você pode escolher entre as carrocerias hatch e sedã. O motor rende 80 cv e 10,2 kgf.m de torque com etanol e 75 cv e 9,4 kgf.m de troque com gasolina. O câmbio é sempre manual de cinco marchas.

Segundo o Inmetro, o consumo é igual nas duas carrocerias. Com isso, as médias são de 8,6 km/l e 12,5 km/l na cidade com etanol e gasolina, respectivamente. Com gasolina as médias sobem para 10,3 km/l e 14,7 km/l.

Ford Ka e Ka Sedan

icon photo
Legenda: Ford Ka pode ser comprado com duas motorizações diferentes e até câmbio automático
Crédito: Mario Villaescusa/WM1

Nada menos do que OITO configurações diferentes entre as carrocerias estão disponíveis abaixo dos R$ 60 mil na linha Ka. Você também pode escolher o tamanho do motor. O 1.0 rende 85 cv e 10,7 kgf.m com etanol, sendo o 1.0 mais potente do mercado nesse segmento.

Com gasolina os números caem para 80 cv e 10,2 kgf.m. No entanto, o motor 1.5, que também equipa o EcoSport, também tem três cilindros e rende 136 cv e 16,1 kgf.m de torque com etanol e 128 cv e 15,6 kgf.m com gasolina. O câmbio, seguindo nosso orçamento, é sempre manual de cinco marchas.

O Ka tem uma leve mudança na média entre as carrocerias, enquanto o hatch 1.0 faz 9,2 km/l e 13,4 km/l na cidade com etanol e gasolina, respectivamente, o sedã faz 8,9 km/l e 13 km/l no mesmo regime. Na estrada os números passa para 10,7 km/l e 15,5 km/l e  10,4 km/l e 15,1 km/l, sempre com vantagem para o hatch.

No caso do motor 1.5, segundo o Inmetro, não existe alteração entre as carrocerias. Com isso, as médias ficam em 7,6 km/l e 10,9 km/l na cidade com etanol e gasolina, respectivamente. Na estrada os números são 10,1 km/l e 14 km/l.

Volkswagen up!, Gol e Polo

icon photo
Legenda: Volkswagen up! foi um dos pioneiros entre os motores três cilindros
Crédito: Divulgação

Na Volkswagen estão disponíveis três versões do up!, incluindo com motor 1.0 TSI, além das versões de entrada de Gol e Polo. Começando pelos aspirados, no subcompacto o motor rende 82 cv e 10,4 kgf.m de torque com etanol, além de 75 cv e 9,7 kgf.m com gasolina. Os números são similares no Gol e Polo, com aumento apenas na potência com etanol para 84 cv.

Já o up! TSI (turbo) tem 105 cv com etanol ou 101 cv com gasolina, o torque é sempre de 16,8 kgf.m. No caso do up!, o consumo quase não muda, com motor aspirado, o modelo faz 9,6 km/l com etanol na cidade e 14,2 km/l com gasolina. Na estrada os números são de 10,6 km/l e 15,3 km/l. Quando vamos para o TSI, os números são 9,6 km/l e 14,1 km/l no perímetro urbano e 11,1 km/l e 16 km/l na rodovia.

No Gol os números caem para 9,1 km/l com etanol na cidade e 13,3 km/l com gasolina. Na estrada, as médias são de 10,1 km/l e 14,4 km/l. Já no Polo, devido ao peso extra, os números mudam para 8,8 km/l na cidade com etanol e 12,9 km/l com gasolina, além de 10 km/l na estrada com etanol e 14,3 km/l com gasolina.

Fiat Uno e Argo

icon photo
Legenda: Fiat Argo tem duas versões disponíveis com motor três cilindros
Crédito: Fiat Argo 2018 Drive 1.3 GSR

No caso da Fiat, os R$ 60 mil são suficientes para duas versões do Uno e outras duas do Argo. O motor rende sempre 77 cv e 10,9 kgf.m de torque com etanol ou 72 cv e 10,4 kgf.m de torque com gasolina. O câmbio é sempre manual de cinco marchas.

No Uno, o consumo médio na cidade com etanol é de 9,1 km/l e com gasolina vai para 13,2 km/l. Na estrada os números são de 13,2 km/l e 15,2 km/l. No Argo, apesar de ser maior, o rendimento é melhor na cidade. São 9,9 km/l na cidade com etanol e 14,2 km/l com gasolina. Na estrada as médias são de 10,7 km/l e 15,1 km/l.

Nissan Versa

icon photo
Legenda: Nissan Versa é o único modelo da marca japonesa com propulsor "três canecos"
Crédito: Divulgação

Queridinho dos motoristas de aplicativo graças ao espaço, o Versa tem apenas a versão Conforto disponível com motor 1.0. Vale lembrar que, recentemente, o March perdeu as opções com esse motor e ficou apenas com o 1.6.

O motor 1.0 de três cilindros da Nissan rende sempre 77 cv e 10 kgf.m de torque, independentemente do combustível escolhido. O consumo médio é de 8,8 km/l com etanol na cidade e 13 km/l com gasolina. também no ciclo urbano. Na estrada os números vão para 10,5 km/l com etanol e 15 km/l, com gasolina.

Citroën C3

icon photo
Legenda: Citroën C3 1.2 é única opção abaixo de R$ 60 mil dentro da gama da marca francesa
Crédito: Citroën C3 1.2 Tendance PureTech

A Citroën usa um motor um pouco maior que o convencional, trata-se de um 1.2, enquanto a maioria é 1.0. Esse propulsor no compacto C3 rende 90 cv com etanol e 13 kgf.m de troque. Com gasolina, os números são de 84 cv e 12,2 kgf.m de torque. Apenas a versão de entrada usa esse propulsor e está pouco abaixo dos R$ 60 mil. O câmbio é manual de cinco marchas.

O consumo médio é de 9,3 km/l na cidade com etanol e 13,2 km/l, com gasolina. Na estrada os números passam a ser 10,1 km/l e 14,8 km/l.

Peugeot 208

icon photo
Legenda: Peugeot 208 1.2: motor menor deixou o carro mais eficiente
Crédito: Divulgação

O Peugeot 208 usa exatamente o mesmo motor do C3, os números de potência são idênticos também. Assim como o irmão, apenas uma versão está disponível e no nosso limite do valor de compra: R$ 59.990. O consumo, no caso do Peugeot, é de 9,6 km/l na cidade com etanol e 13,9 km/l com gasolina. Na estrada as médias são de 10,7 km/l e 15,5 km/l.

Renault Kwid, Sandero e Logan

icon photo
Legenda: Renault Kwid pode ser comprado em qualquer versão co três cilindros
Crédito: Divulgação

Com R$ 60 mil é possível levar qualquer versão do Kwid para casa ou duas configurações de Sandero e outras duas do Logan. No entanto, há uma diferença. O motor foi simplificado no Kwid, por isso, rende 70 cv com etanol e 9,8 kgf.m de torque, além de 66 cv e 9,4 kgf.m, com gasolina. Na dupla Sandero e Logan esses números sobem para 82 cv e 10,5 kgfm de torque, além de 79 cv e 10,2 kgf.m de torque.

O consumo médio do Kwid é de 10,3 km/l com etanol e 14,9 km/l com gasolina na cidade, e 10,8 km/l e 15,6 km/l na mesma sequência anterior na estrada. No Sandero, esses números são de 9,5 km/l e 14,2 km/l e 9,6 km/l e 14,1 km/l nos mesmos ciclos, já o Logan faz 9,3 km/l e 13,8 km/l, além de 10 km/l e 14,5 km/l.

Comentários