O mito e a lenda

  1. Home
  2. Bolso
  3. O mito e a lenda
Luís Figueiredo
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- De um lado, o Chevrolet Corvette, ícone americano, em sua versão mais recente e especial, a Z06, aprimorado com base no C5-R das pistas de corrida. De outro, o Dodge Viper SRT10, esportivo que pode carecer a mesma tradição do rival qüinquagenário, mas já ganhou o status de lenda.

Essas duas feras sobre rodas foram apresentadas como versão 2006 nos salões de Los Angeles e Detroit, realizados no começo deste ano. Trazem sob o capô, somados, mais de 1.000 cavalos de potência, gerados por motores de características superlativas: V8 de 7,0 litros no Corvette e V10 8,2-litros no Viper.

Em comum os esportivos têm vários itens. Tração traseira, potência de mais de 500 cv, câmbio Tremec de seis velocidades, aceleração de 0 a 100 km/h abaixo de 4 segundos e motor com comando de válvulas no bloco, em vez de no cabeçote como a maioria dos motores atuais.
O Corvette Z06 é, segundo a própria Chevrolet, o carro de passeio mais potente já produzido pela marca. O motor LS7 é um V8 “small block” bloco pequeno, em inglês, com 427 polegadas cúbicas – segundo a fábrica, um tributo aos 50 anos do mito. Em sua construção foi utilizada vasta tecnologia visando a redução de peso, incluindo bielas e válvulas de titânio.

Embora tenha comando de válvulas no bloco OHV e não no cabeçote, o motor do Corvette só corta a injeção a 7.000 rpm, um alto regime considerando-se a configuração. A potência máxima, de 505 cavalos, é atingida a 6.200 rpm e o torque máximo de 65,0 kgfm é obtido a 4.800 rpm.

O câmbio Tremec M6 de seis velocidades passou por algumas alterações para suportar o torque mais alto e há um sistema na que envia o fluido de transmissão ao radiador dianteiro para resfriamento. A velocidade máxima do Corvette não é divulgada, mas o modelo leva apenas 3,9 segundos para atingir 100 km/h, partindo da imobilidade.

Seu chassi é feito em alumínio, segundo a Chevrolet, para maior rigidez e menor peso. A suspensão ficou mais rígida e os pneus são 275/35ZR18 na dianteira e 325/30ZR19 na traseira.

O Corvette tem 4.435 mm de comprimento, 1.930 mm de largura, 1.246 mm de altura e 2.686 mm de distância entreeixos – mesma medida das outras versões do Corvette. Os discos de freio dianteiros têm 355 mm de diâmetro e os traseiros 350 mm.
O primeiro Dodge Viper foi lançado em 1992, dando início à saga do esportivo, consagrado em todo o mundo e já tratado como “lenda” – ao menos entre os entusiastas do modelo.

De acordo com a Dodge, o Viper SRT10 pode ser resumido a alguns números: 500/525/505. São, respectivamente, a potência, o torque em libras-pés, iguais a 72,5 kgfm e polegadas cúbicas de deslocamento do motor.

Sob o capô está um grande V10 8,3 litros – também com comando de válvulas no bloco, produzido em alumínio – capaz de entregar 90% do torque numa ampla faixa de rotação, de 1.500 a 5.600 rpm, regime em que se obtém o valor máximo, de acordo com a fábrica.

Responsáveis por estancar o Viper são os discos de freio Brembo com 355 mm nas quatro rodas, com sistema ABS. De acordo com a Dodge, o Viper SRT10 é capaz de acelerar até 160km/h e parar em apenas 12 segundos. Os pneus são 275/35ZR18 na dianteira e 345/30ZR19 na traseira – neste caso ainda maiores do que os do Corvette.

Assim como o Corvette Z06, o Viper SRT10 possui diferencial traseiro com escorregamento limitado. O modelo Dodge é equipado com suspensão independente nas quatro rodas com barras estabilizadoras na estrutura dianteira e na traseira.

Tanto Corvette quanto Viper estarão nas lojas americanas entre o final de 2005 e começo de 2006.

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors