Utilitários da Renault com motor eletrônico a diesel

Master Furgão e Chassi Cabine se adequam à nova regulamentação de poluentes
  1. Home
  2. Bolso
  3. Utilitários da Renault com motor eletrônico a diesel
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Master Furgão

A Renault do Brasil inicia a última fase da adequação da sua linha de veículos utilitários à nova legislação de emissão de poluentes, ao apresentar para o consumidor brasileiro a gama Master, nas carrocerias Furgão e Chassi Cabine, equipada com o novo motor diesel 2.5 dCi 16V (Common Rail).

Visando a adequação da linha de utilitários Master à nova legislação de emissão de poluentes, Proconve P5 (Programa de Controle da Poluição do Ar por Veículos Automotores), a Renault do Brasil passou a equipar os modelos com o propulsor diesel 2.5 litros dCi 16 válvulas (Common Rail), com gerenciamento eletrônico e injeção direta de combustível.

Esta nova motorização, que substitui os propulsores 2.8D (aspirado) e 2.8 dTi (turbo) utilizados até então, traz uma série de benefícios para os clientes da linha Master. Segundo a Renault os novos motores consomem menos combustível, têm maior torque, menor índice de emissão de poluentes e diminuição do nível de ruídos.

Com a unificação do novo motor 2.5 litros dCi 16 válvulas (Common Rail), todas as versões da linha de utilitários Master desenvolverão 115 cv de potência a 3.500 rpm e torque de 29,6 mkgf (290 Nm) a 1.600 rpm, o que significa um ganho de 11% em relação ao propulsor antigo 2.8 dTi (26,5 mkgf a 1.800 rpm).

A exemplo do que aconteceu quando do lançamento da versão Minibus 16 lugares equipada com o novo motor, a Renault não fez mudanças nas listas de equipamentos de série e opcional, sendo que a única alteração realizada foi a mudança do logotipo instalado nas faixas laterais de proteção das portas dianteiras, que passaram a ostentar a inscrição “dCi 120”, em referência à nova motorização.

A Renault do Brasil tem como objetivo para este ano comercializar 2.800 unidades da linha Master, o que representa um crescimento de, aproximadamente, 15% em relação ao volume vendido no ano passado (2.430 veículos). Do total de vendas previsto para 2005, 1.600 unidades serão da versão Minibus, enquanto 1.070 na configuração Furgão e 130 veículos na carroceria Chassi Cabine.

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors