Modelo Traxx Joto vem da china com preço a partir de R$ 5 mil

Importada de China, a Traxx JOTO JH125 tem bom desempenho, porém fica devendo nos quesitos freios e suspensões. O preço gira em torno de R$ 5,39 mil
  1. Home
  2. Motos
  3. Modelo Traxx Joto vem da china com preço a partir de R$ 5 mil
Agência Infomoto
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- O segmento de motos street de até 150 cilindradas é o maior e mais concorrido do Brasil. Hoje, as motos de baixa cilindrada representam mais de 80% do total de unidades vendidas no País. Com modelos pasteurizados em forma e conteúdo, a Traxx Joto JH125 pode ser uma opção para quem quer fugir do lugar comum. Importada da China, o modelo desembarca no Brasil apresentando alguns diferenciais se comparado à concorrência: suspensão traseira monoamortecida, semi-carenagem que envolve o conjunto óptico, semi-guidões, freio a disco na dianteira e rodas de liga-leve. O preço sugerido é outro atrativo: R$ 5.39 mil.

Com relação ao desenho, a Joto 125 da Traxx é uma salada de tendências utilizadas em outras motos: lanterna integrada a rabeta como na Honda CG, semi-guidões e o escape esportivo muito semelhantes ao utilizado na Suzuki GS 500. Falando em Suzuki, o pára-lama é parecido com o da Yes 125. Já a semi-carenagem, lembra a usada pela Honda NX4 Falcon. O que não dá para entender é a instalação de um amperímetro no painel de instrumentos, em vez de um marcador de combustível. Coisas do mercado asiático. Para quem não sabe, a Traxx é subsidiária da fábrica de motocicletas chinesa Jialing, como provam os adesivos no modelo cedido para teste.

MOTORIZAÇÃO

Mas na prática como é pilotar a Jialing/Traxx JH125? A chinesinha está equipada com motor OHC, quatro tempos, arrefecido a ar com 133 cm³ de capacidade. O propulsor gera potência máxima de 13,1 CV a 8.000 rpm e o torque máximo de 1,07 kgf.m a 6.500 rpm. O propulsor monociclíndrico tem bom rendimento, porém quando chega aos oito mil giros, o conjunto vibra demais, chegando a incomodar os pés do piloto, além de fazer barulho excessivo. O câmbio de cinco marchas também merece mais atenção por parte da Traxx. Com engates não muito precisos, são necessárias várias tentativas para se colocar o câmbio no neutro nas paradas de semáforos.

Ciclística e Ergonomia

O conjunto de suspensão da unidade avaliada estava muito macio. Ou seja, o sistema não absorve, mas sim copia os solavancos e impactos com o solo. Uma grata surpresa é que a Joto está calçada com pneus Pirelli City Demon, em vez dos pneus chineses que costumam equipar as motos vindas do gigante asiático.

Os freios – disco na dianteira, com o acionamento hidráulico, e tambor traseiro – são “borrachudos”, ou seja, demoram muito para entrar em operação. Um ponto positivo para o modelo Jialing importado pela Traxx é a ergonomia. O piloto de estatura mediana – 1,70 m – fica bem posicionado e roda com certo conforto. Já o painel de instrumentos não oferece boa visualização, já que o fundo branco “briga” com a moldura prata, porém traz várias informações: velocímetro, hodômetro parcial e total, rpm e indicador de marchas.

Quer uma moto?

Então veja aqui no WebMotors as ofertas para cada estilo de moto:

Suzuki DR

Yamaha DT 200

Honda Tornado

Leia também:

Guia de Compras – Yamaha Téneré

Miza Drago 150, a custom do povo chinês

Sundown Future 125, a solução urbana

Sundown Web 100, moto feita para a cidade

Motor-Z V500, o scooter limpo e retrô

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors