Chery, Hafei e Jimbei são as marcas que mais crescem no Brasil

De comum, elas têm a procedência, todas vêm das China e pelo menos mais duas chinesas cresceram bem acima da média do mercado
  1. Home
  2. Pit-Stop
  3. Chery, Hafei e Jimbei são as marcas que mais crescem no Brasil
Auto Informe
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

– Chery, Hafei e Jimbei. Essas foram as três marcas que mais crescerem no mercado brasileiro no primeiro trimestre deste ano. É verdade que elas têm um volume de vendas muito pequeno: a Chery vendeu 2,5 mil carros nos três meses, a Hafei 3,6 mil e a Jimbei apenas 120. Mas o percentual de crescimento mostra que essas marcas têm tudo para se tornar uma opção para o consumidor. A Chery cresceu 428%, a Hafei 338% e a Jimbei 316%.

De comum, elas têm a procedência, todas vêm das China e pelo menos mais duas chinesas cresceram bem acima da média do mercado: a Changan, +70% e a Effa, +36%. A Changan vendeu apenas 474 unidades no trimestre e a Effa 239.

Isso sem contar JAC e Lifan, iniciaram vendas há menos de um ano e portanto não há como comparar as vendas. A Lifan vendeu de janeiro a março
692 unidades e a JAC chegou a 461 unidades em apenas dez dias úteis, pois o início das vendas foi em 18 de março.

Além das chinesas, a Jeep teve crescimento espantoso, 277%, mas também sob uma base pífia: cresceu de136 para 513 unidades no trimestre. A coreana Ssangyong vem a seguir, na quinta posição entre as marcas que mais evoluíram neste ano: teve um aumento de 99,5%, passando de 563 no primeiro trimestre de 2010 para 1.123 neste ano.

Outras duas pequenas destacam-se neste ano no ranking das que mais cresceram em vendas: a Míni oitava colocada, com crescimento de 68% e a Suzuki, nona, com aumento de 64%.

Mas os maiores destaques ficaram com a Nissan e a Kia. Foram as únicas marcas com grande volume de vendas acima de quatro mil carros/mês que apresentaram crescimento acima de 50% no primeiro trimestre de 2011.

A Nissan vendeu este ano 13.396 carros, 77% a mais do que no primeiro trimestre do ano passado e ficou em sexto lugar. A Kia cresceu 59,5%, passando de 10.866 unidades no período janeiro a março do ano passado para 17.330 neste ano. A marca coreana foi a décima que mais cresceu no Brasil em 2011.

Das grandes, só a Volks se salvou

Entre as grandes montadoras, a Volks foi a única que apresentou um crescimento acima da média do mercado, que foi de 3,6% de janeiro a março: vendeu 167.027 mil unidades, 10,1% a mais do que no período janeiro-março do ano passado.

A Fiat vendeu mais do que no ano passado, mas não conseguiu acompanhar o crescimento, foram 171.907 unidades, 2,6% a mais que no primeiro trimestre de 2010 167.527 unidades.

Já GM e Ford sequer repetiram o desempenho registrado em 2010. A GM vendeu no primeiro trimestre do ano passado 156.456 carros e neste ano 142.740, uma queda de -8,8%. A Ford teve uma retração de 9,6%, vendendo apenas 74.269 este ano, diante de 82.184 de janeiro a março de 2010.
________________________________

Joel Leite joelleite@autoinforme.com.br é diretor da Agência AutoInforme, especializada no setor automobilístico, que fornece informações para vários veículos de comunicação. Produz e apresenta o Boletim AutoInforme, das rádios Bandeirantes, Band News e Sul América Trânsito. É formado em jornalismo pela Faculdade Cásper Líbero e pós-graduado em Semiótica e Meio Ambiente.

Leia outras colunas de Joel Leite aqui

__________________

Siga o Joel Leite no Twitter

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors