Com 603 cv, Aston Martin exibe o Rapide AMR

Sedã esportivo é mais um produto da recém-criada divisão esportiva da fabricante britânica

  1. Home
  2. Pit-Stop
  3. Com 603 cv, Aston Martin exibe o Rapide AMR
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

A família da Aston Racing Racing cresce a cada dia. Depois de mostrar o DB11 AMR, a divisão esportiva da marca britânica adiciona um segundo integrante à linha: o Rapide.  Assim como o cupê, o supersedã tem produção limitada a 210 exemplares. De acordo com a Aston Martin, a versão final tem visual um pouco diferente frente ao conceito exibido no Salão de Genebra de 2017. A grade, por exemplo, é mais larga e agressiva e inspirada no Vantage AMR Pro, destinado somente às pistas de corrida. Já os faróis diurnos de LED em formato circular é herança dos modelos colaborativos da Aston Martin com o estúdio de design Zagato. O Rapide ainda traz splitter, capô e difusor feitos em fibra de carbono para garantir o baixo peso.

Mas vamos ao que importa: a potência. O Rapide AMR mantém o tradicional V12 com 6.0 litros de deslocamento. Na Europa a força chega a 603 cv e 64,2 kgf.m de torque. Para o resto do mundo, a calibração é de 588 cv. Para lidar com os novos números, a Aston Martin faz alterações na transmissão automática de oito marchas. O Rapide AMR cumpre o 0 a 100 km/h em 4,4 segundos e tem velocidade máxima de 330 km/h.

icon photo
Legenda: A carroceria pode ter até quatro cores e combinações com as listras

Na lista de equipamentos, a AMR coloca suspensão adaptativa no sedã com três diferentes modos, que podem rebaixar o modelo em até 1 cm. O carro incorpora também rodas de 21 polegadas calçadas em pneus Michelin Super Sport, freios de carbono-cerâmica, central multimídia com tela de 6,5 polegadas, detalhes internos em fibra de carbono, câmera de ré e sensores de estacionamento dianteiros e traseiros.

O Rapide AMR vai partir de US$ 240 mil nos Estados Unidos e 194.950 libras no Reino Unido – as duas quantias são quase equivalentes a R$ 1 milhão. O valor, no entanto, pode ser ainda maior. Cada cliente terá um amplo espectro de personalização desde o volante do One-77, passando por borboletas em fibra de carbono, rodas de 21” com outro desenho, chave reserva igual a original e sistema de som da grife Bang & Olufsen. Sem explicar o motivo, dois grandes mercados ficarão de fora do radar do sedã esportivo: Rússia e China.

icon photo
Legenda: O painel central em fibra de carbono é dominado por botões e comandos
Crédito: Divulgação
Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors