Ferrari tem outro brasileiro: Jaime Melo é líder na FIA GT

  1. Home
  2. Salões
  3. Ferrari tem outro brasileiro: Jaime Melo é líder na FIA GT
Rodolpho Siqueira
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- Além de Felipe Massa na Fórmula 1, a Ferrari conta com outro brasileiro ao volante de seus carros nas pistas do mundo inteiro. O paranaense Jaime Melo Júnior é líder da categoria GT2 no Campeonato Mundial FIA GT. O piloto brasileiro forma com o italiano Matteo Bobbi e com o monegasco Stephane Ortelli um dos trios da equipe italiana AF Corse. No último fim de semana, eles levaram sua Ferrari 430 GT2 Maranello à segunda colocação na famosa 24 Horas de Spa-Francorchamps. A prova belga, encerrada na tarde do último domingo 30, contou pontos pela quarta etapa da temporada.

A vitória na classe GT2 das 24 Horas de Spa foi da outra Ferrari da AF Corse, que teve no comando o trio formado pelo finlandês Mika Salo, o português Rui Águas e o alemão Timo Scheider. “Foi uma corrida excelente para a nossa equipe”, definiu Melo Júnior. Ele e Bobbi, com o resultado, retomaram a liderança na tabela de pontos. Somam 36, mesmo total alcançado por Salo e Aguas com a vitória – Ortelli e Scheider só atuaram pela equipe nesta etapa.

A equipe do brasileiro era líder da classe GT2 após a 12ª hora de corrida, o que lhe valeu pontuação extra. “Depois disso, nós tivemos um pneu furado. Com a necessidade de um pit stop extra, perdemos muito tempo. A outra Ferrari da AF Corse não teve nenhum problema e isso definiu o resultado”, resumiu Melo, que recebeu a bandeirada final três voltas atrás do carro vencedor, após 24 horas de corrida nos 6.968 metros de extensão do circuito.

A volta à liderança do Mundial FIA GT pode determinar o futuro próximo do piloto brasileiro. Ele também defende a Ferrari na categoria American Le Mans Series, na equipe Risi Competizione, e está em terceiro na classificação do campeonato disputado nos Estados Unidos, com regulamento retirado de outra prova famosa, a francesa 24 Horas de Le Mans. “O mais provável é que, a partir de agora, a gente passe a fazer apenas um campeonato, mas essa é uma decisão que cabe à Ferrari. Talvez, saia uma definição ainda nesta semana”, revelou.

Leia também:

FIA quer Fórmula 1 ecologicamente correta

Filho de Galvão Bueno vai correr de Porsche

Stock terá volante inspirado nos usados na F-1

F-1: Schumacher surpreso com o próprio desempenho

Velocidade: Honda quer quebrar recorde de F1
_______________________________
E-mail: Comente esta matéria

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors