Fórmula 1: Hamilton ainda não canta a vitória

Em visita à Índia, Lewis Hamilton afirma que ainda não é o favorito ao título de 2008
  1. Home
  2. Salões
  3. Fórmula 1: Hamilton ainda não canta a vitória
Autoracing
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- O líder do campeonato, Lewis Hamilton, foi aplaudido por centenas de fãs debaixo de chuva quando fez sua primeira visita à Índia na quinta-feira.

Usando seu macacão da McLaren, o inglês de 23 anos compareceu a um centro de kart da cidade para um evento do patrocinador, e mais tarde declarou que a Índia seria um bom lugar para sediar um GP de Fórmula 1.

"Sei que eles estão falando sobre ter um GP da Índia. Acredito que será incrível", disse Hamilton a repórteres enquanto os fãs vibravam. "Acho que há 100 ou 200 pessoas aqui, e a vibração que estou sentindo delas e o barulho que estão fazendo são maiores do que na maioria das corridas".

A Índia deverá sediar seu primeiro GP em 2010, e a construção de um circuito de Fórmula 1 perto de Nova Delhi vai começar em outubro.

O segredo do sucesso

De acordo com a reportagem publicada pelo jornal “Daily Telegraph”, o volante do modelo McLaren MP4/23 poderia estar escondendo a verdadeira causa das marcantes atuações de Lewis Hamilton nas provas da Inglaterra e Alemanha, vencidas por ele com muitas sobras.

A peça que em qualquer outro carro da categoria contém duas alavancas, uma para subir e outra para descer marchas, tem quatro peças. Além das duas normais que selecionam as marchas a serem empregadas no carro outras duas tem causado certa perplexidade. Nem mesmo o piloto de testes Pedro de La Rosa revela qual a razão da introdução destas peças adicionais aos jornalistas de seu país.

Ainda, segundo a publicação inglesa estas alavancas serviriam para selecionar uma função adicional para cada marcha escolhida, o que poderia minimizar o efeito de patinagem nas rodas em curvas lentas e conservaria a potência do motor nas curvas rápidas. Esta funcionalidade pode ter ajudado e muito a pilotagem de Hamilton em situações de estabilidade precária ou de pobre aderência. Esta manobra se produziria acionando estas alavancas ao mesmo tempo.

O regulamento deste ano determina que os pilotos não podem escolher simultaneamente a marcha e os parâmetros determinados para o torque do motor. A existência destas alavancas suplementares poderia obedecer a necessidade de ajuste as regras vigentes, mas também serviria para aliviar a perda de tração.

Ainda não se sabe qual a reação das outras nove equipes da categoria diante desta revelação do segredo da McLaren, que parece ser a novidade do ano depois do bico de bagre e da “asa bigorna”. A FIA também não se pronunciou a respeito.

Gosta de esportivos?

Então veja aqui no WebMotors as melhores ofertas:

Aston Martin

Porsche

Ferrari

Lamborghini

Leia também:

Mercedes-Benz C 63 AMG

Seat Ibiza Sportcoupé

Breckland Beira

Veritas RS III

Ferrari GT California

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors