Silverstone: Pódio de Rubinho e Felipe Massa na liderança

Etapa britânica de Fórmula 1 dá o terceiro lugar para Rubens Barrichello e mantém o brasileiro da Ferrari na liderança
  1. Home
  2. Salões
  3. Silverstone: Pódio de Rubinho e Felipe Massa na liderança
Autoracing
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- Um domingo em Silverstone que teve três personagens de destaque. O primeiro foi a chuva que embaralhou as coisas e fez uma corrida tornar-se muito divertida para quem a assistiu. O segundo foi Lewis Hamilton, que venceu a prova e promoveu um tríplice empate na primeira colocação no mundial de pilotos. O inglês da McLaren venceu a corrida de hoje com o tempo de 1h39min09s440, ficando a 1min08s5 do segundo colocado, Nick Heidfeld BMW. O terceiro personagem de maior destaque foi Rubens Barrichello, que levou seu Honda ao terceiro lugar e provocou uma enorme festa de sua equipe a ponto de derrubarem uma grade durante a comemoração.

Kimi Raikkonen Ferrari foi o quarto, seguido de Heikki Kovalainen McLaren. Fernando Alonso Renault foi o sexto. Completaram os oito que pontuaram Jarno Trulli Toyota, 7º e Kazuki Nakajima Williams, 8º. Felipe Massa foi o 13º e último a receber a bandeirada, a duas voltas do vencedor e Nelsinho Piquet abandonou com a Renault.

O céu estava carrancudo no momento da largada e quando o inicio da prova foi autorizado, Hamilton pulou do quarto lugar para o segundo posto e deu um calor no então líder, Kovalainen. Rubinho fez uma largada monstruosa pulando de 16º para 10º ao final da primeira volta. Por outro lado a pista molhada fez suas vítimas de cara, logo no começo da competição. Mark Webber rodou na reta do Hangar e Felipe Massa começou seu calvário ao rodar pela primeira vez no dia. Na quarta volta, Hamilton tomou para si as rédeas da corrida ao ultrapassar Heikki. O inglês passou e ampliou com autoridade a sua liderança sobre o então segundo colocado, Raikkonen.

Com o avanço da prova, várias rodadas aconteceram entre elas, as de Kovalainen e de Adrian Sutil Force India que pegou um “morrinho-artilheiro” e deu uma leve decolada, acabando na 11ª passagem sua corrida. Naquela altura da prova, a chuva tinha dado uma trégua e Barrichello ia perdendo rendimento e colocações para Webber e seu companheiro de equipe, Jenson Button. Massa vinha se recuperando da rodada e conseguindo algumas colocações e Kimi ia pressionando Lewis na briga pelo primeiro lugar.

As paradas de boxe começaram na 19ª passagem, com Kovalainen abrindo os trabalhos no pitlane. Três voltas mais tarde a chuva voltou à Silverstone e o destino de muitos pilotos foi traçado com a precipitação pluviométrica. Heidfeld foi ao boxe seguido de Robert Kubica. Nelsinho Piquet também fez sua troca de pneus colocando compostos intermediários e com isso ele começou a imprimir um bom ritmo de prova e chegou a passar seu companheiro de equipe, Alonso. Barrichello também aproveitou o retorno da chuva e já aparecia na zona de pontuação na oitava colocação. O brasileiro da Honda fez sua segunda parada de box na volta 36, mas teve um pequeno problema na sua parada, precisando ser empurrado para sair do pitlane. Na mesma passagem, a chuva apertou ainda mais e fez as suas vítimas. Um deles foi Nelsinho que rodou e ficou na brita. Kubica também deu adeus a prova e Massa seguia seu sofrimento rodando várias vezes.

Hamilton seguia andando em um ritmo tranqüilo e quem ia aparecendo com maior destaque era Barrichello que tinha pneu para chuva extrema e ultrapassou Heidfeld que estava em segundo. Rubinho ainda fez mais uma parada voltando em quarto, mas contou com a ajuda de Trulli, que fez mais uma visita ao box. Nas voltas finais a briga de maior destaque ficou entre Kimi, Alonso e Kovalainen, que tentaram ficar com a primeira colocação fora do pódio.


Gosta de esportivos?

Então veja aqui no WebMotors as melhores ofertas:

Aston Martin

Porsche

Ferrari

Lamborghini

Leia também:

Mercedes-Benz C 63 AMG

Seat Ibiza Sportcoupé

Breckland Beira

Veritas RS III

Ferrari GT California

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors