Hidrogênio:Toyota agrada e Honda desaponta

Japonesas apresentam novidades opostas sobre conceitos de propulsão limpa
  1. Home
  2. Tecnologia
  3. Hidrogênio:Toyota agrada e Honda desaponta
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon


A Toyota apresentou novidades em relação ao seu conceito FCV nesta segunda-feira (17), mesmo dia em que a Honda forneceu atualizações sobre o FCEV. Ambos os veículos possuem propulsão a células de hidrogênio e foram mostrados no Salão do Automóvel de São Paulo.

O presidente da Toyota, Akio Toyoda, trouxe informações mais otimistas do que as fornecidas pela marca rival. Antecipou o nome da versão final de produção do FCV, que se chamará Mirai, que significa futuro em japonês. A fabricante anunciou ainda investimento em postos de hidrogênio em mais cinco fcaptionações dos Estados Unidos. O veículo terá autonomia de 482 quilômetros e o reabastecimento vai durar em torno de cinco minutos.

Por outro lado, a Honda desapontou o mercado. A montadora antecipou o evento de lançamento do FCEV, que seria feito na semana que vem, durante o Salão de Los Angeles (Estados Unidos), e já mostrou o veículo no Japão. No entanto, a marca apresentou uma nova versão do conceito em vez da esperada versão final de produção do sedã.

O modelo da Honda também tem autonomia de 482 quilômetros e emite apenas vapor de água. Seu lançamento foi adiado para março de 2016 no Japão.

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors