Novo Omega

o carro do presidente


  1. Home
  2. Testes
  3. Novo Omega
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon















ITENS TESTADOS 



























































  GOSTOU?


Omega
CD 3.8 V6 200cv
 

Omega usado  

 


  

 
 
 













Importado da Austrália
com visual renovado, interior cuidadosamente
requintado e vigoroso motor 3.8 V6 de 200 cavalos,
o novo Omega justifica a preferência de
um seleto grupo de usuários, entre eles
o Presidente da República


Os modelos que fazem parte do
sofisticado segmento dos sedans de luxo sempre
disputaram a preferência
de um pequeno, porém seleto, grupo de
consumidores. Entre executivos e empresários,
o mais ilustre deles, sem dúvida, é o
Presidente da República. Se mesmo antes
do lançamento da versão atual o
Chevrolet Omega era o primeiro carro da comitiva
presidencial a estacionar em frente ao Palácio
da Alvorada, agora, totalmente renovado, o modelo
reforçou essa deferência ainda mais.


Produzido ‘do outro lado do mundo’ pela
Holden australiana do Grupo GM, o novo Omega,
chamado de Commodore por lá, chega ao
Brasil disposto a manter sua liderança
entre os modelos de luxo ‘top’ de
linha, onde se destacam o Citröen C5, Honda
Accord e Toyota Camry.


Em preço, o modelo GM só ‘perde’ para
o Citröen C5. O novo Omega custa R$ 134.000,00
e a versão mais sofisticada do C5, com
motorização mais potente (3.0i
V6) e parecida com a do Chevrolet, R$ 140.140,00.
Já o Honda Accord EX pode ser adquirido
por R$ 116.500,00 e o Toyota Camry XLE por R$
99.150,00. Mas na prática, durante os
testes, o desempenho do novo Omega justificou
seu preço.


Com desenho moderno e características
internas mais refinadas, o novo Omega trocou
a aparência de ‘trambolhão’ da
versão antiga, por um visual moderno e
bonito, passando a impressão de tratar-se
de um modelo mais compacto. O generoso espaço
e conforto internos e empolgante desempenho proporcionado
pelo seu eficiente conjunto mecânico confirmam
o contrário: o novo Omega, mais do que
nunca, é um verdadeiro ‘carrão’.

















































GRANDE, PORÉM COMPACTO



Modelo tem quase 5 metros de comprimento, mas aparenta
ser menor

O novo design do Omega é um de seus destaques.
Suas dimensões generosas, com 4,96 metros de
comprimento, são dissimuladas pelo visual moderno
e atraente. O capô dianteiro, com vincos mais
acentuados e faróis de linhas horizontais, e
a grade cromada, em formato trapezoidal sustentando
o logotipo Chevrolet, marcam a parte frontal do veículo,
onde também chamam a atenção os
faróis de neblina, instalados no pára-choque.


As lanternas em formato triangular avançando
pelas laterais e o formato da tampa do porta-malas,
caracterizam a parte traseira que, de certa forma,
herdou algumas semelhanças do ‘irmão
menor’ Vectra. Com capacidade para 475 litros,
o compartimento de bagagens também é bem
acabado, com forração em tecido de boa
qualidade, rede de fixação de pacotes
e estepe fixado no assoalho. Sua abertura pode ser
feita por controle remoto na chave ou através
de botão localizado no porta-luvas.


O perfil retilíneo caracteriza o aspecto de
veículo moderno que o novo Omega apresenta.
Segundo a GM, o novo design do modelo, com dianteira
em ângulo acentuadamente mais baixo, melhorou
o coeficiente de arrasto aerodinâmico (Cx), que
passou de 0,34 na versão antiga, para 0,32 na
nova, melhorando o desempenho. Até o desenho
dos espelhos foi projetado especialmente para reduzir
ao máximo o ruído produzido pelo vento
em altas velocidades, colaborando para melhorar a aerodinâmica
como um todo.


O novo modelo é equipado com rodas de 16 polegadas
de diâmetro com pneus 215/60 R 16V. O consumidor
poderá optar entre três cores metálicas:
preto Phantom, cinza Storm e prata Silver.


voltar




















LUXO E REQUINTE



Acabamento primoroso e variedade de acessórios valorizam parte
interna


O novo Omega oferece luxo, requinte e conforto interno
na medida certa. Dentro da cabine, o exagero e ostentação
foram substituídos pelo bom gosto, qualidade e
praticidade de uma extensa lista de acessórios
e equipamentos de bordo, que otimizam o conforto de todos
os ocupantes, proporcionando maior facilidade e prazer
ao motorista em conduzir.


Além dos bancos revestidos em couro, com desenho
anatômico e regulagem elétrica de assento,
encosto e apoio de cabeça nos dianteiros, e descansa-braço
central, encosto central rebatível com acesso
ao porta-malas, que pode se transformar em mesa de trabalho
com porta-copos duplo no banco traseiro, a lista de equipamentos
de série inclui air bag na frente e dos lados
do motorista e passageiro, acendimento automático
dos faróis sob meia-luz ou crepúsculo,
alarme programável de excesso de velocidade com
luz de advertência, ar-condicionado com controle
eletrônico de temperatura, coluna de direção
regulável em altura e profundidade, computador
de bordo, controlador de velocidade de cruzeiro, controle
elétrico dos vidros e travas, controle remoto
do sistema de som no volante de direção,
direção hidráulica e sistema de
som Blaupunkt, para citar apenas os principais.


A funcionalidade e praticidade são garantidas
por diversos porta-trecos, como porta-mapas nas portas
dianteiras, porta-revistas na parte traseira dos encostos
dos bancos dianteiros, porta-óculos nas luzes
de leitura dianteiras e no descansa braço entre
os bancos da frente, além de porta-CDs, fitas,
canetas e moedas.


O acabamento em prata acetinado no console, câmbio,
freio de mão, volante e saídas do ar-condicionado,
valoriza ainda mais o interior.


voltar




















PAINEL COMPLETO
Bom acabamento e ergonomia valorizam
instrumentos de controle




O bom gosto e requinte internos que prevalecem no novo Omega também
está presente no painel e console centrais, realçados pelo
acabamento em prata acetinado.


Na parte superior, junto com as saídas de ar
está localizado o sistema de ar-condicionado com
controles digitais e regulagens independentes de temperatura
para motorista e passageiro, além de saídas
para o banco traseiro.


Com desenho moderno e funcional, o painel distribui
os instrumentos de controle em posições
ergonomicamente projetadas, perto da mão do motorista
e de fácil visualização. Um mostrador
está localizado abaixo do velocímetro,
outro abaixo do marcador de combustível e outro
no mostrador de temperatura. Todos os mostradores têm
agradável iluminação verde e o computador
de bordo, capaz de administrar dados sobre 12 funções,
várias delas programáveis, transmite as
informações solicitadas em português,
através de três mostradores de cristal líquido.


O volante de quatro raios é acolchoado, revestido
em couro com aplique cromado, e possui controle do volume
do som. Para facilitar ainda mais a vida do motorista,
o Omega conta com controlador de velocidade de cruzeiro
(Cruise Control).


O console central acomoda a alavanca do câmbio
automático, com três opções
de uso: econômico, esportivo e para saídas
em terrenos escorregadios, e os controles elétricos
dos vidros, bem ao lado do motorista. A alavanca do freio
de estacionamento (freio de mão), incomodamente
instalada ao lado do banco do passageiro, é o único
inconveniente na parte interna, justificado, segundo
a GM, pela procedência australiana do modelo. A
Austrália é um dos poucos países
onde os veículos têm volante de direção
do lado direito.


Completando a extensa lista de qualidades internas,
o novo Omega vem, ‘de fábrica’, equipado
com um sofisticado sistema de som Blaupunkt, instalado
harmonicamente integrado ao painel, composto de rádio
AM/FM, tape-deck e CD-changer para seis discos no próprio
aparelho, equalizador gráfico de 5 barras, 10
alto-falantes incluindo subwoofers, totalizando 260
watts de potência. O volume pode ser controlado
no volante.


voltar










DESEMPENHO SURPREENDENTE

Motorzão de 200 cavalos e câmbio
com respostas rápidas garantem performance



Ele é grande, mas não é bobo. Além
de confortável acima de qualquer expectativa, o novo
Omega é capaz de deixar muito esportivo para trás.
Disponível no mercado brasileiro com apenas uma motorização,
V6 de 3.8 litros, que desenvolve 200 cavalos de potência
máxima a 5.200 rpm e torque de 31 mkgf a 4.000 giros,
o carrão de luxo da GM acelera como um tufão,
mas sem ‘dar bandeira’. Com essa motorização
e a transmissão automática de quatro velocidades
na programação esportiva, o novo modelo acelera,
em silêncio absoluto, de 0 a 100 km/h em dez segundos
e ati

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors