Fãs cultuam a marca Porsche em reunião

Encontro no interior de São Paulo reúne os mais raros modelos da marca alemã no Brasil
  1. Home
  2. Vídeos
  3. Fãs cultuam a marca Porsche em reunião
Ricardo Sant'Anna
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon


O dia amanhece sobre o belo e verde campo de polo.  O silêncio toma conta do espaço cercado de mansões até que se ouça o primeiro barulho – ou seria sinfonia? – do dia. Não eram pássaros, tampouco cavalos. O primeiro motor a ar chegava respirando fundo à Fazenda Boa Vista. Depois dele, outras centenas viriam para o maior encontro de Porsche do Brasil.


WebMotors  esteve no III Encontro do Porsche 356 e 911, realizado no mais luxuoso condomínio fechado do interior de São Paulo. A terceira edição do evento ficou marcada também por ser a maior de todas. A organização contabiliza mais de 300 carros da marca criada por Ferdinand Porsche, sem contar a outra centena de clássicos das mais variadas marcas.


Assista ao vídeo do WebMotors no maior encontro de Porsche do Brasil




“O Porsche significa uma extensão da minha pessoa”, define o advogado e organizador do evento, Sergio Magalhães. Ele é também um dos principais colecionadores da marca no país, mas não revela quantos modelos tem em sua garagem. Sabemos apenas que o número é de alto, e de dois dígitos. “Meu primeiro carro foi um Fusca e como todos sabem, quem o criou, fez o Porsche também. Até um belo dia que comprei meu primeiro Porsche e não parei mais”, explica.


De acordo com Magalhães, o evento nasceu a partir de uma vontade de ter os veículos de coleção publicado em revistas norte-americanas. “Eles diziam que só mostrariam os carros se estivessem em um evento, então reunimos alguns parceiros e decidimos fazer este encontro”, explica. Inúmeros Porsches novos estiveram presente no evento, incluindo aqueles não tão prezado pelos fãs como Cayenne e Panamera.


Não era difícil andar alguns metros e se deparar com os novos 911 Turbo S ou GT3, com preços que variam entre R$ 750 mil e R$ 1,1 milhão.  Outro modelo presente no evento era o novíssimo 918 Spyder, ou o híbrido mais potente do mundo com exatos 918 cv de potência. Apenas três unidades foram importadas para o Brasil e uma quarta está a caminho. O preço de cada uma delas? Nada menos do que R$ 4 milhões.


Embora os últimos lançamentos da marca, o acervo de Magalhães foi mesmo o destaque da festa, incluindo algumas unidades do 356, modelo que pode custar até US$ 400 mil. A paixão pelos modelos da marca é tanta que o advogado alongou até mesmo uma Kombi picape para transportar um Spyder.

Outros dois modelos da coleção chamaram atenção: um raro Porsche Speedster 1958 e um Porsche 1970 inspirado na versão da preparadora norte-americana Singer.  O primeiro ainda está equipado com rodas raríssimas, desenhadas por Ferdinand Porsche exclusivamente para o Salão de Paris da época. Sergio desconversa sobre o valor do jogo de rodas e finaliza: “Valem o preço de um carro”. 

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors