Corvette Stingray 1968: O clássico esportivo americano é arisco com seu motor V8

Enquanto os europeus encantavam o mundo com Ferraris, na terra do Tio Sam os esportivos mais próximos eram os Cadillacs e Buicks
  1. Home
  2. Cultura WM1
  3. Corvette Stingray 1968: O clássico esportivo americano é arisco com seu motor V8
Antigo Motors
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- O clássico da esportividade americana sobre quatro rodas tem nome: Corvette Stingray. Enquanto os europeus encantavam o mundo com suas Ferrari, Mercedes, MG e Jaguar, na terra do Tio Sam os esportivos mais próximos eram os Cadillac e Buick. Lindos, porém pesados. Era preciso agir. Para complicar, a GM não era campeã de vendas há alguns anos. A solução devia vir rápida. E veio, fazendo alusão à pequena e veloz embarcação de escolta da marinha inglesa.

O primeiro passo deste ícone entre os carros antigos foi em 1953, conforme apurou o portal Antigo Motors, em evento específico para o seu lançamento. O projeto Corvette vinha sendo desenvolvido desde 1948, baseado nos modelos europeus de corrida, trazia características próprias como traseira a “la rabo de peixe” e pequenos faróis.

Destaque para a carroceria que apresentou algo inédito até então, a fibra de vidro. “O material é leve e favorece o desempenho do veículo, além de ideal para atender uma pequena demanda até desenvolver o mercado dos esportivos americanos”, explica pesquisadora do Portal Antigo Motors. Depois de uma fase de adaptações, o mito renasce no conceito StingRay e consagra itens como linha de cintura baixa, capô generoso e destacados para-lamas presentes em quase todos os modelos da linha.

Assim como a montadora, o brasileiro está de olho em boas oportunidades. “A ideia inicial era importar um pony car para negócio, mas a Corvette encantou os olhos. Também é um veículo de configuração difícil de encontrar e este está totalmente original” comenta o vendedor do exemplar das fotos. “É verdade que sempre gostamos de carros antigos e talvez por isso tenhamos sido criteriosos na escolha, assim como os colecionadores são”, conclui. O empresário acredita que existam apenas 3 unidades no Brasil do mesmo ano, mas conversível ainda não encontrou por aqui.

A terceira geração Corvette, do exemplar das fotos, nasce em 1968 e mantém o mesmo design anguloso e inspirador até 1977 e é tido como o desenho mais bonito ao longo desses mais de 50 anos de história do carro. Mas mesmo dentro de um padrão, a cada ano o veículo apresentava melhorias, por exemplo, este foi o único ano da série C3 em que a ignição é no painel, a partir de 1969 passa para a coluna da direção.

Quanto ao propulsor, estavam à disposição motores robustos como os V8 de de 430 cv até surgir a composição small block, de bloco compacto, uma novidade apresentada pelo Corvette no final de 1968 para atender a solicitação de outros públicos sem perder a característica esportiva. “Esse carro tem motor V8 de 350 cavalos, é um L79. É arrisco para arrancar, dá gosto”, comenta o vendedor, que confessa não resistir e dar umas voltinhas de vez em quando, ao Portal Antigo Motors.

A partir de 1971 a GM oferece motores big-block na linha, aumentando consideravelmente a potência, mas a crise do petróleo e o controle de emissão de poluentes colocam limites aos brinquedos, chegando ao final desta versão em 1982.

Só para constar, um carro esportivo de 44 anos que desfila por onde roda deve ter orgulho de sua conservação. “Tudo no carro é original, até os rolamentos vinham com o ano de fabricação: 1968. Mas achamos necessário fazer uma revisão assim que chegou e trocamos recentemente”, afirma o entrevistado. Ao que parece este é mais um daqueles casos de “achados no celeiro”, e este está agora em São Paulo.

Agradecimentos a Valter e Bruno Cumini da Intermonza www.intermonza.com.br.

Para ver outras fotos deste clássico esportivo acesse Portal Antigo Motors ou curta nossa página no Facebook www.facebook.com/antigomotors.



Para baixar mais fotos exclusivas deste incrível exemplar, acesse a página do Antigo Motors:antigomotors.com.br.

As opiniões expressas nesta matéria são de responsabilidade de seu autor e não refletem, necessariamente, a opinião do site WebMotors

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors