Maio tem queda generalizada

Venda de 277.862 unidades é menor que em abril e maio de 2013
  1. Home
  2. Bolso
  3. Maio tem queda generalizada
Auto Informe
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

IMAGE

Maio foi o fracasso anunciado. Desde o início do mês as vendas de carros novos estavam fracas e o setor era cético em relação a uma recuperação até o fim do mês. Não deu outra: o fechamento de maio revelou queda de vendas tanto em relação a abril, quanto em relação a maio do ano passado. Foi pior também em vendas diárias em relação aos dois períodos.

Vamos aos números: foram vendidos no mês passado 277.862 carros e comerciais leves, uma queda de 0,7% em relação ao mês anterior (279.753) e de 7,5% em comparação com maio do ano passado, quando foram vendidas 300.379 unidades, conforme números do Renavam.

Em maio de 2013 foram vendidas 14.304 unidades por dia, contra 13.231 agora, uma queda de 7,5%.

Agora, a queda de vendas no acumulado do ano é de 5,2%. Com a entrada do mês da Copa e seus feriados, a recuperação será difícil. Na reunião que a Anfavea convocou para anunciar o balanço oficial, na próxima quinta feira (5) provavelmente o presidente da entidade, Luiz Moan, vai refazer a previsão de vendas para o ano, que é de crescimento de 1,1%.

No ranking de vendas por marca a Volkswagen recuperou a segunda posição, com 18% e 50.135 carros vendidos e reafirmou a liderança do Gol, primeiro colocado. Fechou maio atrás da Fiat (21,1%), líder, mas na frente da GM (17,6%), terceira colocada.

Em quarto lugar, a Ford ficou com 8,8% das vendas, apenas um ponto à frente da Renault, que retomou a quinta posição depois de ter perdido para a Hyundai, no mês anterior, com 7,6% das vendas. A coreana fechou maio com 7.1% de participação, seguida de Toyota, Honda, Nissan e Mitsubishi, nesta ordem. Citroën e Peugeot ficaram fora da lista das dez mais vendidas.

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors