Sebastien Loeb, o recordista

  1. Home
  2. Pit-Stop
  3. Sebastien Loeb, o recordista
Nelson Piquet
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- Pela 26ª vez o francês Sebastien Loeb com seu navegador monegasco Daniel Elena vence uma prova do Campeonato Mundial de Rali – WRC. Com essa conquista na Alemanha onde venceram pelo 5º ano consecutivo a dupla iguala o recorde de vitórias em provas do campeonato que estava em mãos do espanhol Carlos Sainz.

A prova no vale do rio Mosel foi dominada amplamente pelo Citröen Xsara da equipe privada Kronos que fez ainda dobradinha na ponta com a jovem dupla espanhola Sordo/Marti. Entre outras particularidades a escolha dos pneus BFGoodrich mais adequados para o asfalto da região provou ser fundamental para a vitória, a 5ª este ano. O campeonato, que ainda tem 7 provas no calendário, aponta inapelavelmente na direção de Loeb/Elena e faz com que as mudanças previstas para entrar em vigor em 2007 inclusive o uso de pneus BFGoodrich por todos os concorrentes sejam fundamentais para trazer de volta o equilíbrio tão importante se quiserem manter o interesse na disputa. Do jeito que anda em vez de assistirem à entrada de novos concorrentes e fabricantes vão correr o risco de até mesmo o público que na Alemanha era enorme e entusiasmado mudar o foco da sua atenção. Para 2007 espera-se ainda a volta oficial da Citröen, a entrada da equipe B da Subaru e ainda a preparação mais intensa da Skoda que promete entrar com tudo em 2008.

Acelerando fundo
A Stock Car em Curitiba teve a vitória do Tiago Camilo Havoline que pulou para 3º no campeonato. Cacá Bueno Eurofarma ficou fora dos pontos com um pneu furado e viu Hoover Orsi BRB/CEB se aproximar da liderança do campeonato. A Champ Car em Denver começou outra vez com a pole do Sebastien Bourdais e terminou com.

O GPMasters em uma Silverstone pra lá de úmida teve a vitória do Eddie Cheever, seguido pelo Eric Van de Poele e Christian Danner. O Emerson, com problemas em seu carro, ficou apenas em 8º e o Mansell... Bem, o Mansell completou apenas 2 voltas depois de rodar algumas vezes.

O amortecedor de massa, usado pela Renault desde o ano passado, deve ser aprovado para uso pela FIA. Sorte do Alonso e companhia já que nos carros franceses o sistema faz parte do desenvolvimento do chassi desde o início do projeto.

Por um focinho
O Estado de Kentucky, nos EUA, é conhecido por sua grama “azul”, seus cavalos puro-sangue e o famoso derby, suas destilarias de whisky do tipo Bourbon e por suas minas de carvão que foram a base da sua economia por muito tempo.

Neste final de semana Kentucky assumiu o seu papel anual de capital da velocidade e foi palco da 12ª prova do campeonato de Fórmula Indy 2006, depois dela faltam apenas duas mais um circuito misto na Califórnia e o oval de Chicago para terminar. Na pole mais uma vez terceira consecutiva o Helinho Castroneves, feito que vale para ganhar dinheiro e estatística mas que em uma pista oval, a rigor, não representa nenhuma vantagem. A prova, como sempre acontece na Fórmula Indy, foi uma troca constante, impressionante de posições acompanhadas de um exercício em estratégia. Faltando 8 voltas para o final nada estava decidido, até que na última relargada Sam Hornish pulou na frente e venceu, por um focinho, como convém a um derby que se preze. Os brasileiros, respectivamente Helinho, Tony e Vitor, fecharam o páreo em 3º, 5º e 6º.
_______________________________
E-mail: Comente esta coluna

Envie essa coluna para uma amigoa

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors