Estudantes criam carro com chassi de beterraba

Lina foi criado em universidade da Holanda para ser o primeiro automóvel com estrutura 100% biodegradável

  1. Home
  2. Tecnologia
  3. Estudantes criam carro com chassi de beterraba
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

O futuro é dos carros elétricos, como não deixam mentir os investimentos crescentes das montadoras nessa tecnologia limpa. As leis, sobretudo na Europa, estão cada vez mais rígidas quanto às emissões de poluentes. Essa pegada ecológica não está relacionada apenas ao motor dos veículos, como também a vários dos seus componentes - a Ford, por exemplo, anunciou recentemente que vai começar a usar bambu em revestimentos dos seus veículos na Ásia. Aqui no Brasil, essa e outras montadoras já vendem carros com tecidos feitos de garrafas PET recicladas.

icon photo
Legenda: lina carro plástico linho beterraba tu ecomotive
Crédito: lina carro plástico linho beterraba tu ecomotive

Pois o TU/Ecomotive, grupo de pesquisas vinculado à Universidade de Tecnologia de Eindhoven, na Holanda, levou essa ideia de carro sustentável mais longe e desenvolveu o protótipo Lina, o primeiro automóvel do mundo cuja estrutura é totalmente produzida a partir de materiais biodegradáveis, feitos à base de plantas - de acordo com os responsáveis pelo projeto.

Com peso de apenas 310 kg e lugar para o motorista mais três ocupantes, o veículo tem chassi construído a partir de um biooplástico chamado de PLA, feito totalmente de beterraba. A estrutura é montada em forma de colmeia, posicionada entre duas camadas de compósito produzido com linho - esse compósito também está presente no restante da carroceria.

icon photo
Legenda: lina carro plástico linho beterraba tu ecomotive 2
Crédito: lina carro plástico linho beterraba tu ecomotive 2

Apenas as rodas, as suspensões e o sistema de propulsão, elétrico, não são feitos com base em plásticos biodegradáveis. O Lina é equipado com dois motores elétricos, totalizando cerca de 11 cv de potência, e tem capacidade para rodar a velocidades de até 80 km/h, segundo o TU-Ecomotive.

icon photo
Legenda: lina carro plástico linho beterraba tu ecomotive 1
Crédito: lina carro plástico linho beterraba tu ecomotive 1

O fato de ser produzido com matéria-prima mais fácil de reciclar e não prejudicar o meio ambiente é apenas uma das vantagens, segundo os criadores do Lina. De acordo com eles, a produção também é bem mais barata na comparação com outros materias leves usados pela indústria automotiva, como fibra de carbono e alumínio, que requerem de cinco a seis vezes mais energia para serem manufaturados na comparação com o aço, por exemplo.

A criação da universidade holandesa está participando de competições e eventos acadêmicos, mas não há planos de transformá-lo em um modelo produzido em série para o consumidor final. Para isso, o carro teria que passar por inúmeros testes de segurança e por mais ecológico que seja este chassi, ele não protege os ocupantes em caso de acidente. 

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors