Tarok E Toro1

Toro x Tarok: o duelo mais esperado entre picapes

Volkswagen vai lançar uma picape com o porte da Fiat Toro para roubar clientes da rival. Quem levará este duelo?


  1. Home
  2. Comparativos
  3. Toro x Tarok: o duelo mais esperado entre picapes
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Toro x Tarok, o duelo. Como isso surgiu? Vamos começar relembrando uma das grandes promessas da Volkswagen no Salão do Automóvel de 2018, a picape Tarok, de porte e proposta parecidos com os da Toro - clique aqui para saber como foi a apresentação do protótipo da picape.

No começo deste ano, a Volkswagen fez o registro da picape no INPI (Instituto Nacional da Propriedade Industrial), revelando como poderia ser o desenho final da versão de produção. A ideia era apresentá-la no Salão do Automóvel, que seria em novembro, e começar a vendê-la nas semanas ou meses seguintes. O cancelamento do Salão e a pandemia do novo coronavírus mudaram os planos.

Fiat Toro de frente na cor verde tendo ao fundo vegetação e uma praia
icon photo
Legenda: Fiat Toro (na foto) é o maior alvo da futura picape médio-compacta Tarok, da Volkswagen
Crédito: Fabio Perrotta Junior/WM1

Toro x Tarok

A Volkswagen Tarok (importante lembrar que o nome ainda não foi confirmado pela empresa) vai chegar para tentar roubar clientes da Fiat Toro, que desde 2016 surfa praticamente sozinha no mercado de picapes intermediárias - a Renault Oroch seria outra competidora, mas suas vendas são baixas.

Para fazer isso, a Tarok será montada sobre a plataforma MQB - a mesma de Polo, Virtus, T-Cross e Nivus - e ainda deverá ter o mesmo destino que o novo SUV-cupê, ou seja: planejada no Brasil e vendida em mercados fora do país (algo que também acontece com a Toro, comercializada como RAM 1000 em alguns outros países).

Para rivalizar com a Toro, a Tarok deverá receber os conjuntos mecânicos turbinados conhecidos dos outros carros feitos sobre a plataforma MQB, embora nada ainda tenha sido confirmado pela Volks.

Na prática, as versões de entrada poderão receber o motor 1.0 TSI, equipadas com câmbio manual de seis marchas, e as versões mais caras vão usar o 1.4 TSI de 150 cv - estas com direito à transmissão automática Tiptronic.

Nas configurações topo de linha, a Tarok vai ser equipada com sistema de tração integral 4Motion. Já a Fiat Toro tem versões flex, mas também é vendida em configurações equipadas com motor turbodiesel e tração 4x4.

Volkswagen Tarok
icon photo
Legenda: Volkswagen Tarok será a grande rival da Toro a partir de 2021. Qual leva o duelo Toro x Tarok?
Crédito: Mario Villaescusa/WM1

Design

Esse ponto é relativo, já que beleza é - e sempre foi - algo subjetivo. A Tarok, segundo os registros que a Volks fez no INPI, deverá ter uma frente parecida com a do Nivus e uma traseira na mesma pegada, com lanterna de LED que atravessa a carroceria, moderna e futurista - assim como seu protótipo.

Já a Toro tem ao seu lado o design sedutor, algo que sempre foi um de seus pontos fortes, que deverá ainda passar por uma leve reestilização no começo de 2021 - justamente para dar à picape o novo padrão de design que a Fiat vai adotar com o futuro SUV-cupê Fastback, sua versão utilitária.

Além disso, a Toro mantém (ao menos, antes da chegada do Fastback) o status de carro mais refinado e bem feito da história da Fiat - muito, também, por ser construída ao lado de modelos da Jeep.

icon photo
Legenda: Ford também vai entrar nessa disputa com uma picape chamada Maverick
Crédito: Reprodução/Autologia

Equipamentos de série e preço

No quesito pacote de equipamentos, apostamos na velha receita conhecida da Volkswagen: preços de certa forma atraentes em todas as versões "de entrada", mas que aumentam de acordo com os opcionais agregados. A Fiat Toro, pelo contrário, já oferta em todas as suas versões todo o tipo de conteúdo possível para aquela determinada configuração, sem muitos acréscimos.

Nesse lance de equipamentos, acreditamos também que a Tarok deverá oferecer o último nível em termos de tecnologia disposta na linha Volkswagen: itens como painel de instrumentos digital e equipamentos de condução semiautônoma, além do novíssimo sistema multimídia VW Play - que vai estrear esta semana com o lançamento do Nivus - para entrar forte na disputa pelo mercado.

Só que, do mesmo modo que outros modelos da marca, podemos imaginar que a maioria desses equipamentos de última geração chegarão em um primeiro momento como opcionais. Portanto, concluímos que a versão mais cara da futura Tarok poderá ter preços que encostam nos valores da configuração mais salgada da Fiat Toro, a Ultra, que hoje sai por R$ 167.990.

Já as versões de entrada devem começar perto dos valores que vemos na Toro, que atualmente custa a partir de R$ 96.990 na configuração Endurance 1.8 com câmbio manual.

Relembre a apresentação da Tarok no Salão

Novas soluções

Outra aposta em cima da Tarok está na oferta de novas soluções para a categoria, como a que a própria Volks apresentou no protótipo revelado no Salão do Automóvel. O carro em questão tinha uma espécie de caçamba variável, que permitia que seu comprimento pudesse ser estendido.

Na prática, os bancos traseiros podem ser rebatidos para frente para que a parte de trás da cabine, justamente abaixo do vidro traseiro, tenha uma porta para aumentar o comprimento da caçamba - que, pelo porte da Tarok, tem praticamente o mesmo tamanho que a da Toro.

Desse modo, ficaria mais fácil levar uma prancha de standup paddle, por exemplo. A foto abaixo explica como isso funciona.

A solução, segundo fontes, deve ser mantida na versão de produção - e, quem sabe, inspirar a Toro e outras rivais futuras, já que Chevrolet, Ford e Hyundai também devem lançar picapes para esta categoria nos próximos anos. Nesse quesito, ponto para a VW no embate Toro x Tarok.

icon photo
Legenda: Caçamba da Tarok pode ser "estendida": tampa da caçamba e parte traseira da cabine podem ser rebaixadas
Crédito: Reprodução

Conclusão

A conclusão é que a briga entre Toro x Tarok deverá ser uma espécie de reprise do que vemos há anos entre Strada e Saveiro, só que em proporções maiores - e com vendas em alta, dos dois lados.

A Strada sempre vendeu mais que a Saveiro e achamos que isso deverá se manter no duelo entre Toro e Tarok. Contudo, isso não significa necessariamente que a Tarok será inferior à rival. Muito pelo contrário, já que a Saveiro, por exemplo, sempre teve recursos mais modernos e interessantes do que a Strada. É esperar para ver.

Comentários