Moller SkyCar, o carro que voa, será lançado em 2011

“Automóvel dos céus” custará US$ 650 mil, mas exigirá brevê
  1. Home
  2. Bolso
  3. Moller SkyCar, o carro que voa, será lançado em 2011
Gustavo Ruffo
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- Diante de um engarrafamento que não desengarrafa, não deve haver ninguém na face da Terra que nunca tenha tido a vontade de sair voando dali. Como nenhuma idéia é completamente original, sempre vai haver alguém que queira desenvolvê-la. Esse foi o caso da Moller, que trabalha para colocar o M400 Skycar no mercado norte-americano até 2011.

Apesar de poder andar no solo, como um avião, o Skycar não se propõe a rodar pelas estradas, como o Terrafugia Transition, até pelo tamanho diminuto das rodas algo que, nos bons pisos norte-americanos, não seria um problema tão grande, mas, no brasileiro..., mas pode fazer isso. O problema seria pará-lo em alguma vaga de garagem. O comprimento nem foge muito do dos automóveis vendidos nos EUA são 5,9 m de comprimento, nem os 2,3 m de altura seriam um problema tão grande, mas a largura, de 2,6 m, exigiria sempre duas vagas para ele parar.

A maior proposta do Moller Skycar é a de ser um transporte aéreo individual, com capacidade para quatro passageiros e 340 kg de carga. E seu diferencial em relação ao Transition é que, ao contrário do “carro” da Terrafugia, ele decola e pousa na vertical, um princípio semelhante ao usado no caça britânico BAE Sea Harrier.

Isso acontece por conta do sistema de motores rotativos Wankel do M400, supersilenciosos a meta é de 65 dba, que podem ser girados, para a decolagem. As hélices, protegidas, têm um sistema de aletas que cria sustentação no ar e poderia dispensar as asas, mas elas estão lá, só para garantir. Aliás, o Skycar se garante também com pára-quedas de emergência, para o caso de alguma pane.

Um dos problemas que o Skycar poderia enfrentar no ar seria a falta de gasolina, mas ele não é movido por combustíveis fósseis e sim um renovável e velho conhecido dos brasileiros, o etanol, vulgo álcool. Com ele, o M400 faz cerca de 8,5 km/l, uma marca excelente para um veículo que atinge a máxima de 579 km/h e tem velocidade de cruzeiro de 491 km/h. Com o tanque de 142 l de combustível, ele terá autonomia para 1.207 km.

Com apenas 1.088 kg, o Moller tem quatro motores rotativos que geram 720 cv de potência nominal, podendo chegar a 1.155 cv. Isso permite que ele suba a uma média de 1.463 m por minuto e tenha um teto operacional de 36 mil pés, ou 10.973 m.

Como se pode imaginar, por mais que o Skycar seja simples de manejar, guiá-lo exigirá brevê, o que já tira do caminho uma série de interessados. Imaginando que você já tenha brevê e queira um M400 na garagem, o processo de compra será um leilão internacional, no qual os interessados competem até que saia o lance vencedor.

Para participar do leilão, que só deve acontecer a partir de 2011, quando seu lançamento está previsto, é preciso se qualificar, o que inclui garantir que você é capaz de arcar com o valor de reserva do Skycar, fixado em US$ 650 mil, ou cerca de R$ 1,03 milhão. Achou caro? Compra um BAE Sea Harrier. Saía por US$ 18 milhões em 1991... Maldita inflação!

Gosta de urbaninos?

Então veja aqui no WebMotors as melhores ofertas para esse segmento:

smart fortwo

Fiat Cinquecento

Ford Ka

Mini

Daihatsu Cuore

Hyundai Atos

Leia também:

Twike, o pedalinho suíço do asfalto

Os 10 mais beberrões

Veja os 10 carros mais econômicos e menos poluentes do mundo

Fiat Phylla, o futuro Topolino?

Mindset E-Motion, híbrido suíço para carregar na tomada

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors