Conheça o Mercedes-Benz C 300 Sport

Versão top de linha da família Classe C chega ao Brasil por R$ 241.900

  1. Home
  2. Lançamentos
  3. Conheça o Mercedes-Benz C 300 Sport
Karina Simões
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Uma manhã cinza, daquelas que não dá vontade de sair da cama para (quase) nada. Um café e uma água com gás, por favor, para limpar as papilas gustativas e encarar o dia. E então, no meio daquela palidez surge uma estrela, daquelas brilhantes, e, mais que isso, daquelas intensas. Sim, caros, meu trabalho consegue mudar a cor do meu dia com a rapidez que nenhum meteorologista poderia prever. Muito prazer, este é o Mercedes-Benz C 300 Sport.  

icon photo
Legenda: Mercedes-Benz C 300 Sport
Crédito: Mercedes-Benz C 300 Sport

Para os apaixonados por carros, há uma infinidade de siglas mágicas que nos arrepiam a espinha só de ouvir. Uma delas, poderosa, é a AMG. E o novo C 300 Sport é o mais perto que você pode chegar dessas letrinhas caso ainda não tenha como se dar esse exclusivo presente alemão.

O 300 Sport chega às lojas no fim deste mês por R$ 241.900 para ser o modelo topo de linha da família Classe C no Brasil. E os sedãs desta família - que está na quinta geração - têm peso, lideram as vendas da marca no país e são os preferidos entre os sedãs premium em terras tupiniquins. Trocando em miúdos, é aquele sedã que a gente respeita, sabe?

Ele divide a vitrine com o C 180 Avantgard, o C 180 Exclusive e o C 250 Avantgard, mas é o que brilha mais entre tantas estrelas. Todos são fabricados na planta de Iracemápolis (SP).

icon photo
Legenda: Mercedes-Benz C 300 Sport
Crédito: Mercedes-Benz C 300 Sport

Clássico esportivo

Sem trocadilhos infâmes, os carros da Mercedes são ‘classudos’ e, mesmo quando a esportividade é evidenciada ele não perde o equilíbrio. É bonito de ver. Faróis e lanternas são em LED, os frisos dos para-choques e da grade frontal foram pintados de preto, assim como os retrovisores. As rodas AMG de 18 polegadas com cinco raios e fundo preto brilhante reforçam sua vocação esportiva. Sem, jamais, perder a elegância.

icon photo
Legenda: Mercedes-Benz C 300 Sport
Crédito: Mercedes-Benz C 300 Sport

O interior do C 300 Sport é refinado, tem acabamento primoroso em madeira preta e bancos em couro legítimo. Confesso que o design do display central de 8,9 polegadas não me agrada, muito menos o fato da tela não ser sensível ao toque. Estamos com o dedo nas telas dos nossos smarthphones todos os dias, é um caminho sem volta. Mas para a Mercedes, é muito mais seguro usar o touchpad, que fica no descanso para as mãos no túnel central e permite “desenhar” números e letras. Lembrando que, das alemãs, a Audi também não tem tela touch e a BMW só começou agora com o recém-lançado Série 5.

icon photo
Legenda: Mercedes-Benz C 300 Sport
Crédito: Mercedes-Benz C 300 Sport

O assento do motorista tem ajuste de memória e o painel de instrumentos conta com dois mostradores analógicos nas laterais e um digital colorido e em alta resolução no centro. Embora a gente goste de conforto, é ali no painel que vemos o que interessa... Mãos no volante de base reta no estilo AMG e fim desse papo, pois tenho nas mãos um carro de tração traseira com 245 cv.

Da elegância à indecência. Pode tudo.

Sob o capô, está o motor 2.0 quatro cilindros turbo, que entrega 245 cv aos 5.500 giros e 37,7 kgf.m de torque entre 1.200 a 4000. O propulsor conta com um sistema de injeção direta múltipla controlada eletronicamente, capaz de realizar até cinco injeções por ciclo conforme a necessidade.

E pra quem gosta de graxa, saiba que há um sistema de ignição mega sofisticado que possibilita até quatro descargas sucessivas da vela de ignição em um milésimo de segundo, criando um plasma no interior da câmara de combustão com maior rapidez de expansão. Na prática isso resulta em maior desempenho e menor consumo.

icon photo
Legenda: Mercedes-Benz C 300 Sport
Crédito: Mercedes-Benz C 300 Sport

Todavia, o grande destaque vai para a nova transmissão automática de nove velocidades 9G-TRONIC (antes eram sete) com conversor de torque. Com a carcaça em liga de magnésio, a transmissão ficou 1 kg mais leve que antecessora e 4,5% mais eficiente graças ao maior e mais suave escalonamento, diz a marca.Todos os integrantes da família Classe C receberam este novo câmbio.

Nas curvas da serrinha de Campos do Jordão (SP) usei e abusei do vigoroso conjunto, que leva o veículo de 0 a 100 km/h em apenas 5,9 segundos e permite atingir 250 km/h (velocidade limitada eletronicamente)  

São três modos de condução: Comfort, Sport e Sport+. Em velocidade de cruzeiro, o torque está presente em baixos giros e a viagem, além de tranquila, é econômica. Já em modo esportivo tive duas gratas surpresas. A principal delas são as deliciosas reduções de marcha (sou do tipo que vibra mais com uma redução bem feita na rotação correta do que com uma bela aceleração. Pode me julgar, colega). Com o ligeiro câmbio do C 300 Sport é possível “saltar” da 5ª para a 3ª marcha, por exemplo, e ainda escutar o som que “sai do escape” pelo sistema interno de som do carro. Um brinde ao sensor de rotação e suas escolhas perfeitas e ao gerenciador de som. Prost!

 Mercedes-Benz C 300 Sport
Legenda: Mercedes-Benz C 300 Sport
Crédito: Mercedes-Benz C 300 Sport

Calma, vou explicar. O C 300 Sport é o primeiro carro montado fora da linha AMG que conta com o recurso de gerenciador de som. Seguindo a premissa “não incomodarei os vizinhos”, o som do escape é projetado para dentro do carro e não para fora, ao toque de um botão. Não é nada exagerado, poderia até ser mais. Embora o escape seja esportivo, a função da borboletas variáveis é gerenciar a contrapressão e não produzir ruído, por isso o uso do recurso.

Nas curvas, os pneus 245/40 do eixo traseiro colam no chão e o carro mostra um comportamento extremamente equilibrado. Direto e ágil, curva após curva. Meu parceiro de test drive parece tranquilo e eu afundo o pé com muita vontade. Parte da minha confiança em acelerar o C 300 Sport é mérito de uma suspensão independente refinada com quatro braços na dianteira e cinco na traseira. A sensação de “chão” deve-se também ao baixo centro de gravidade e aos 15mm a menos na altura do carro.

 Mercedes-Benz C 300 Sport
Legenda: Mercedes-Benz C 300 Sport
Crédito: Mercedes-Benz C 300 Sport

E parte da confiança do meu parceiro (obviamente, não é porque ele crê em minhas habilidades ao volante) fica por conta dos sistemas de segurança do carro. Além da estrutura que combina aços de alta resistência e dos sete airbags (inclusive para os joelhos), o sedã conta com um assistente que mantém o carro na trajetória sob ventos transversais, outro que detecta se o motorista está cansado, e freios com pré carregamento, ou seja, quando o motorista tira rapidamente o pé do acelerador, ele aproxima automaticamente as pastilhas de freio para diminuir o tempo de frenagem em uma emergência. Outras funções são ESP com sistema de vetorização de torque e o sistema de secagem dos freios, que em condições de pista molhada, diminui a umidade dos discos.

Mais um café e outra água com gás para racionalizar. O C 300 Sport te faz esquecer os AMG se a ideia é ter um carro para uso diário, ele trafega nos dois mundos com muita desenvoltura. Os principais concorrentes do novo C 300 Sport são os conterrâneos Audi A4 e BMW Série 3 e a Mercedes espera que 15% do mix de vendas seja da versão esportiva. Cheguei ao meu destino. Por mais que a hospedagem fosse à altura da carruagem, eu não me importaria em voltar os quase 200 quilômetros que percorri só para passar mais tempo dentro do sedã. E eu nem queria sair da cama de manhã...

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors