Ferrari se rende e confirma seu primeiro SUV

Utilitário chega até 2021 baseado na sucessora da perua GTC4 Lusso. Modelo terá tração integral e propulsão híbrida

  1. Home
  2. Pit-Stop
  3. Ferrari se rende e confirma seu primeiro SUV
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Já circulavam rumores, mas agora é oficial: a Ferrari finalmente se rendeu à moda dos SUVs e confirmou que vai lançar um utilitário esportivo dentro de cerca de 30 meses, portanto, entre 2020 e 2021. A informação foi revelada por Sergio Marchionne, chefão do Grupo Fiat Chrysler e também da marca italiana de supercarros, durante conferência na Bolsa de Valores de Nova York, nos Estados Unidos.

O executivo disse na ocasião que a Ferrari tem planos de expandir seu portfólio atual e também o volume de unidades produzidas, hoje na casa de dez mil unidades por ano. Além disso, ele adiantou que o SUV com o logotipo do cavalo empinado terá produção limitada, para garantir sua exclusividade. Ele, no entanto, não deu dicas de como será o novo modelo, especialmente se contará com propulsão híbrida - o que é uma grande possibilidade.

icon photo
Legenda: Ferrari GTC4 Lusso 2018
Crédito: Ferrari GTC4 Lusso 2018

Com o anúncio, a Ferrari se une a marcas esportivas como a Lamborghini, que em 2018 também vai lançar seu primeiro SUV, o Urus, e Maserati, que recentemente colocou no mercado o Levante.

Atualmente, o modelo mais próximo da praticidade de um SUV na gama da fabricante italiana é a "shooting brake" (ou perua) GTC4 Lusso (fotos acima e abaixo), que conta com quatro assentos individuais e porta-malas de 450 litros, cuja capacidade pode ser ampliada para 800 litros com os assentos traseiros rebatidos.

icon photo
Legenda: 940x576 Cd6a7ddb Cb95 4eb3 8c95 Cabc570a1d21

Esse modelo é equipado com motor 6.3 V12 de 690 cv de potência e 71,1 kgfm de torque, com sistema de tração integral e esterçamento das rodas traseiras - a tração nas quatro rodas será mantida no utilitário esportivo da Ferrari, porém com um sistema mais robusto, com atuação permanente nos dois eixos.

Não será surpresa se a companhia colocar ainda mais potência no seu primeiro SUV, com auxílio de um ou mais motores elétricos, associados com um propulsor menor, V8. As semelhanças com a GTC4 Lusso vão além: o utilitário será construído sobre a mesma plataforma da sucessora da perua.

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors